Mais do que salário! Entenda por que Alex ainda não foi contratado

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Paolo Bruno Getty Images Sport

    Zagueiro Alex ainda não respondeu ao Santos se aceita receber R$ 200 mil mensais

    Zagueiro Alex ainda não respondeu ao Santos se aceita receber R$ 200 mil mensais

A contratação do zagueiro Alex, campeão brasileiro pelo clube em 2002 e que recentemente rescindiu contrato com o Milan, da Itália, estava praticamente acertada no Santos, mas emperrou e corre o risco de não ocorrer. O UOL Esporte apurou entre os dirigentes santistas que os valores financeiros podem 'melar' o negócio. Inicialmente, a diretoria alvinegra estava disposta a desembolsar R$ 300 mil mensais pelo defensor, mas mudou de ideia e ofereceu R$ 200 mil.

O motivo? A diretoria santista teme o famoso 'racha' no vestiário por conta do ordenado que fosse pago a Alex. Isso porque o jogador receberia acima do teto salarial do clube paulista, privilegio que só o artilheiro e capitão do time, Ricardo Oliveira, possui no elenco atualmente.

Outras estrelas da equipe, como Gabigol e Lucas Lima, atletas de seleção brasileira, ganhariam menos que Alex. O camisa 20, inclusive, cobra aumento salarial para ficar no clube, enquanto Gabigol não ganharia o salário de Alex mesmo com o seu novo contrato, que será assinado até 2021.

No ano passado, o salário do argentino Ledesma, que pouco jogou pelo Santos, já causou mal-estar entre os jogadores. O volante recebia R$ 180 mil mensais e ganhava, na época, mais que Ricardo Oliveira, que não havia recebido o reajuste salarial no clube.

Se não bastasse tudo isso, Alex ainda pediu luvas e pressionou a diretoria santista a pagar comissão para seu empresário, Giuliano Bertolucci. No entanto, o agente ouviu que o clube não tem dinheiro para pagar sua comissão e nem luvas ao jogador, como revelou o Blog do Perrone.  

Alex ainda não respondeu se aceitará o salário oferecido pelo Santos, sem luvas e sem comissão para o seu agente. Já Bertolucci falou rapidamente ao UOL Esporte, pois estava em uma reunião na Espanha. O agente apenas se limitou a dizer que não tinha novidades e que tudo estava 'parado' em relação às negociações. 

Na avaliação da direção santista, é até possível que o beque aceite não receber luvas, provavelmente pedindo salário um pouco melhor. Mas praticamente não há esperança de que o agente aceite ficar sem comissão. Normalmente, empresários recebem 10% do valor total do contrato oferecido a seus clientes pelo trabalho de intermediação.

Porém, além do dinheiro contado, a diretoria santista sofre pressão da comissão fiscal do Conselho Deliberativo quando o assunto é despesa com intermediários. Entre os motivos para a reprovação das contas de 2015 da gestão de Modesto Roma Júnior estavam pagamentos de comissões reprovados pelo órgão.

Em relação a contratações de jogadores, a comissão fiscal entende que só pode haver pagamento em caso de empresários com situação regularizada na CBF. Bertolucci é um dos mais influentes agentes do país, com atuação também no exterior.

Internamente, a diretoria do Santos adotou o discurso de que se a negociação com Alex não vingar nenhum outro zagueiro será contratado agora. Reforçar a zaga não é uma prioridade do clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos