Bauza pede reforços e inclui Diego Tardelli em lista do São Paulo

Do UOL, em São Paulo

  • RAUL ARBOLEDA/AFP

Dois dias após a eliminação do São Paulo na Copa Libertadores, o técnico Edgardo Bauza disse que o elenco precisa esquecer o que aconteceu na Colômbia para uma rápida recuperação no Campeonato Brasileiro. Para isso, ele conta com reforços por parte da diretoria tricolor, inclusive com o atacante Diego Tardelli.

"A diretoria está trabalhando com vários nomes para contratar, incorporar. Vamos ver essa semana, acho que já vamos contratar. Não podemos dar nomes, porque estão negociando, mas estamos tratando disso. Vamos tratar de reforçar a equipe e trabalhar no campo", disse.

"A lista de atacantes é muito grande. Tardelli está incluido. Vamos ver as exigências. Não é só um jogador que estamos buscando", completou, confirmando que o São Paulo tentará contratar o atacante revelado pelo clube. Tardelli foi liberado pelo Shandong Luneng na última quinta-feira e procura um novo clube.

Ainda sem reforços confirmados, o São Paulo enfrenta o Corinthians no próximo domingo. Na sequência, o adversário será o Grêmio. Ambas as partidas são fora de casa, o que exige uma rápida resposta tricolor à eliminação para o Atlético Nacional.

"Hoje falávamos com nossos atletas. Foi muito doloroso ficar fora, mas ficamos entre os quatro primeiros. Fizemos todo o possível para chegar à final. A equipe deixou tudo e não pudemos chegar. Agora vamos focar no campeonato local. Teremos duas partidas difíceis na sequência", disse.

"Quando se está nessa profissão, perder fazer parte do trabalho. Colocar-se de forma firme, falar com os atletas para sair dessa posição é um dos temas mais importantes que tem um jogador de futebol, porque não se pode ganhar sempre. Nós propusemos a esquecer tudo que passou, nos sentimos satisfeitos pelo que demos até aí e temos que trabalhar duro no Brasileirão. Vamos tentar ver amanhã quem são os melhores para tentar ganhar do Corinthians", completou.

Bauza também não teve como escapar de perguntas sobre a arbitragem. E respondeu com ironia antes de dizer que o São Paulo fará uma reclamação junto à Conmebol.

" O mais importante de tudo é que não vai nos dirigir Polic. O clube fará um informe sobre a arbitragem, porque não é somente o pênalti, são várias coisas. Creio que fomos prejudicados", disse em referência ao árbitro chileno que foi alvo de reclamações do São Paulo por não marcar pênalti em Hudson.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos