Ricardo Oliveira volta e tem prioridades: vaga de Rodrigão e depois seleção

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Ricardo Oliveira volta a jogar após dois meses no duelo do Santos contra a Ponte Preta

    Ricardo Oliveira volta a jogar após dois meses no duelo do Santos contra a Ponte Preta

O atacante Ricardo Oliveira está recuperado de uma grave lesão no joelho que o tirou dos gramados por mais de dois meses. O camisa 9 será a principal novidade do Santos no duelo contra a Ponte Preta, neste sábado, às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O centroavante fala de ansiedade por voltar a jogar e citou suas prioridades em seu retorno. A primeira delas é reconquistar a vaga de titular, pois o seu substituto, Rodrigão, tem marcado gols e agradado a torcida santista.

"O Rodrigão foi muito bem recebido, conseguiu desempenhar um bom trabalho, ele é goleador. O Rodrigão mostrou a capacidade de goleador e merece vestir a camisa do Santos. O elenco está muito rico em matéria humana, qualidade. Time campeão precisa ter um grande elenco", afirmou Ricardo Oliveira.

"O meu momento agora é brigar pela posição. Sempre existirá cobranças por fazer gols, mas não é hora de pensar em brigar por artilharia. Eu saí atrás de todos, terei correr atrás, estou em desvantagem. Preciso buscar minha vaga de titular, se não jogar, torcer para o companheiro. Agora tenho que conquistar novamente", completou.

Além de ficar atrás na artilharia da competição, Ricardo Oliveira terá que reconquistar uma vaga na seleção brasileira. O centroavante foi convocado para a Copa América Centenário, mas foi cortado por causa da lesão no joelho.

O artilheiro santista também acompanhou o discurso de Tite que, questionado sobre Fernando Prass, do Palmeiras, na seleção principal, avisou que será convocado quem estiver em um bom momento, independente da idade.

"Será sempre o meu objetivo a seleção, mas é consequência do meu trabalho, seleção sempre foi mérito. E o Tite avisou que quem estiver em bom momento vai ser lembrado. Desejo sorte a ele, é um treinador que todos clamaram por ele", disse.

Ricardo Oliveira treinou entre os titulares e deve iniciar o jogo contra a Ponte Preta ao lado de Gabigol no ataque. Rodrigão e Copete treinaram entre os reservas. O Santos deve entrar em campo com a seguinte escalação: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique, Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima, Vitor Bueno, Gabigol; Ricardo Oliveira. 

A partida também marca a despedida do trio Gabigol, Thiago Maia e Zeca, que defenderão a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos