Fluminense estreia casa nova com o pé direito e vence o Cruzeiro

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

Foi de maneira positiva que o Fluminense iniciou sua história em Edson Passos, casa do América e que servirá de abrigo para o Tricolor enquanto o Maracanã permanecer fechado. Numa das melhores atuações no Campeonato Brasileiro até aqui, a equipe de Levir Culpi foi muito superior ao Cruzeiro e venceu por 2 a 0.

O local recebeu um bom público e animou os jogadores para o decorrer da competição, já que uma das reclamações do elenco era justamente a falta de presença maciça por parte dos torcedores, principalmente nos jogos em Volta Redonda, que estavam sempre vazios.

FÁBIO 700

O jogo deste domingo foi uma marca histórica para o goleiro Fábio. O camisa 1 completou 700 partidas pelo Cruzeiro. Ele é o jogador que mais vezes atuou na história do clube.

ESTREIA ARGENTINA

O Cruzeiro teve a estreia do atacante argentino Ramon Ábila, que estava no Huracán (ARG). Sua participação em campo, porém, foi tímida.

PIPA EM CAMPO

O jogo teve que ser paralisado no segundo tempo em função de uma pipa ter caído no gramado. A região de Edson Passos tem muitas aos domingos.

'ARQUIBANCADA IMPROVISADA'

Uma passarela que fica na rua em frente a Edson Passos serviu como arquibancada improvisada para os torcedores. Muitos assistiram dali o jogo entre Fluminense e Cruzeiro.

CONFUSÃO

A primeira experiência dos torcedores tricolores em Edson Passos não foi das melhores. Do lado de fora, muita confusão na entrada com filas estreitas e pessoas se aglomerando nas bilheterias.


FLUMINENSE 2 X 0 CRUZEIRO
Local:
Edson Passos, Mesquita (RJ)
Hora: 16h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Boschillia (PR)
Renda e público:
Cartões amarelos: Bruno Ramires, Rafael Sóbis, Rafinha, Edimar, Bruno Viana (CRU)
Cartões vermelhos: Ninguém
Gols: Cícero, aos 6 minutos do primeiro tempo (FLU); Marcos Júnior, aos 24 minutos do primeiro tempo (FLU)

FLUMINENSE
Diego Cavalieri; Jonathan (Higor Julião), Gum, Henrique e William Matheus; Douglas, Cícero, Marcos Junior (Dudu) e Maranhão (Edson); Samuel e Richarlison
Técnico: Levir Culpi

CRUZEIRO
Fábio; Lucas (Ezequiel), Bruno Rodrigo, Bruno Viana e Edimar; Henrique, Allano (Rafinha) e Bruno Ramires; Rafael Sóbis, Willian e Ábila (Riascos).
Técnico: Paulo Bento

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos