Juan xinga técnico ao ser substituído e deve receber punição do Coritiba

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Coritiba

    Juan (foto) xingou o técnico Pachequinho ao ser substituído por Bernardo

    Juan (foto) xingou o técnico Pachequinho ao ser substituído por Bernardo

A revolta de Juan ao ser substituído durante a derrota de 2 a 1 para o Atlético-MG na noite da última segunda-feira, no estádio Independência, não passará em branco pela diretoria do Coritiba. Alex Brasil, novo gerente de futebol alviverde, disse que o atleta deve ser punido.

"Isso não pode acontecer. É uma falta de respeito não só com o treinador, mas também com os companheiros. Não é uma atitude que nós compactuamos. Nenhum membro da direção compactua com isso. Não adianta tomar nenhuma decisão de cabeça quente agora. Vamos resolver essa situação durante essa semana", disse o dirigente.

O lance aconteceu aos 32min do segundo tempo. Juan foi substituído por Bernardo e, além de passar reto pelo técnico interino Pachequinho, disparou uma sequência de xingamentos contra o comandante antes de sentar no banco de reservas. Pachequinho, por sua vez, apenas assistiu e fez um irônico sinal de positivo.

"A minha posição é que quem vai definir e resolver isso é a diretoria", disse o treinador em entrevista pós-jogo. Através da assessoria de imprensa, o Coritiba diz que o assunto será resolvido internamente.

Com a derrota para o Atlético-MG, o Coritiba seguiu estacionado na vice-lanterna da Série A, com 15 pontos. O time volta a campo no próximo sábado para encarar o Santa Cruz, no Arruda, às 18h30 (de Brasília), pela 16ª rodada do Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos