Briga pela vaga de Jesus tem Alecsandro, recém-chegado e quebrador de tabu

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Cuca não contará com Gabriel Jesus para o duelo deste domingo contra o Atlético-MG

    Cuca não contará com Gabriel Jesus para o duelo deste domingo contra o Atlético-MG

Há vida sem Jesus. Pelo menos é o que o Palmeiras quer provar neste domingo, a partir das 11h (de Brasília), contra o Atlético-MG, no Allianz Parque. Gabriel Jesus, pela primeira vez, se ausentará da equipe alviverde durante o período dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Três opções surgem para ocupar a lacuna deixada pelo artilheiro da Série A.

Quem surge como favorito é Erik. O jovem jogador de 22 anos manteria a principal característica desta equipe comandada por Cuca: a velocidade no setor mais ofensivo e a troca de posições entre os três atletas mais adiantados (Róger Guedes e Dudu também estão confirmados para o duelo de domingo).

Erik trabalhou como titular na maior parte desta semana. O camisa 14 ainda ganhou credenciais de destaque pelo passado recente: o ex-atleta do Goiás anotou o gol da vitória por 1 a 0 contra o Internacional, no último domingo, quando o Palmeiras quebrou um longo jejum de 19 anos sem vencer o rival colorado.

Fora Erik, apenas mais um nome trabalhou entre os titulares. Nos últimos minutos do trabalho tático de sexta-feira, Cuca surpreendeu e escalou Alecsandro entre os 11 atletas ideais para o duelo contra o Atlético-MG.

O centroavante agradou e ganhou força para voltar a jogar depois da suspensão de 30 dias imposta pelo TJD-SP, em virtude de um exame antidoping com resultado positivo para o uso de um agente anabólico.

"O Gabriel Jesus tem estilo diferente de qualquer outro que temos aqui. Ele une velocidade e força, se adapta em qualquer posição do ataque. É difícil ter um jogador dessas características e ele ainda saber fazer a referência. Eu trabalhei com o Erik e depois com um centroavante (Alecsandro), gostei também, até mais", afirmou o treinador do Palmeiras.

Além da dupla, o treinador palmeirense conta com mais duas opções para o setor. Deste grupo, Leandro Pereira agradou mais. Contratado há menos de um mês pelo Palmeiras, o atacante se readaptou rapidamente e ganhou a confiança de Cuca neste rápido período.

Antes do clássico contra o Santos, quando Gabriel Jesus ficou fora em virtude de uma suspensão, o técnico do líder do campeonato aprovou o futebol do recém-chegado.

"Era melhor se acostumar à perda do Gabriel Jesus na Olimpíada, não agora no clássico. Será um teste, não temos um jogador com a característica dele no elenco. Temos boas opções de velocidade, referência e velocidade com referência. Temos o Leandro que está reincorporado e treinando muito bem", disse.

Quem volta a perder espaço é Lucas Barrios. Incorporado entre os reservas durante o trabalho tático de quinta e sexta, o paraguaio ainda não caiu nas graças do treinador após quase um turno de competição - o camisa 8 atuou em apenas três oportunidades nesta edição do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS x ATLÉTICO-MG

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 24 de julho de 2016 (domingo)
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistente: Dibert Pedrosa Moisés e Luiz Claudio Regazone (ambos do RJ)

PALMEIRAS: Vagner; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos e Tchê Tchê; Róger Guedes, Cleiton Xavier e Dudu; Erik (Alecsandro). 
Técnico: Cuca.

ATLÉTICO-MG: Victor; Carlos César, Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca e Maicosuel; Carlos (Lucas Pratto), Robinho e Fred.
Técnico: Marcelo Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos