Corinthians se 'despede' da Arena com vaias e de mal com a torcida

Do UOL, em São Paulo

Não foi a 'despedida' que o torcedor corintiano esperava. Podendo ficar até um mês e meio longe da Arena, o Corinthians apenas empatou por 1 a 1 com o Figueirense antes de iniciar uma sequência de pelo menos quatro jogos longe de Itaquera. E a relação entre torcida, time e treinador no último sábado não foi das melhores, até pelo fato de ter saído atrás diante de um time que luta contra o rebaixamento – o gol só veio aos 38min do segundo tempo, de cabeça.

A entrada de Danilo, autor do gol que evitou a derrota corintiana, provocou vaias da torcida corintiana. O jogador, que já não havia agradado no empate contra o São Paulo, acabou substituindo Giovanni Augusto aos 20min. A vontade da torcida era que Guilherme fosse a campo, e não Danilo. E não no lugar de Giovanni Augusto, que vinha bem na partida. Guilherme só entrou aos 37min, na vaga de Bruno Henrique.

Mas Danilo respondeu dentro de campo, com o gol, e depois fora dele. "Mesmo perdendo o jogo o torcedor tem que entender que nem sempre a gente vai jogar bem, e o jogador tem que ter tranquilidade nesse momento. Quando o torcedor vem junto com a gente, o time faz o que fez agora no final", disse o meia, referindo-se à melhora do time no fim da partida.

A vaia da torcida, porém, seria mais 'endereçada' ao próprio Cristóvão Borges do que a Danilo – a substituição que os aficionados queriam era outra. O técnico é o principal alvo de críticas de parte da torcida, que não vem tendo com o time a mesma paciência que tinha há rodadas atrás, algo percebido pelo próprio Cristóvão e revelada por ele em entrevista coletiva.

"A torcida é exigente. Quando cheguei aqui, o que mais me chamou a atenção é que antes não existia isso do incentivo durante todo o jogo, com a aprovação ou reprovação só depois da partida. Mas, como viemos de um empate aqui, hoje eles estavam um pouco mais impacientes. Ainda mais por termos saído atrás", analisou o treinador alvinegro.

O Corinthians faz agora duas partidas como visitante na Série A. No dia 31 de julho, visita o Internacional no Beira-Rio. Já no dia 3 de agosto encara o Atlético-PR na Arena da Baixada. Só depois disso volta a encontrar a torcida, mas no Pacaembu, diante do Cruzeiro, dia 6 de agosto, pela 19ª rodada da Série A, já que a Arena será, a partir de agora, cedida para o COI (Comitê Olímpico Internacional) para a realização das Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Ainda não está definido se o Corinthians poderá voltar à Arena no jogo do dia 20 de agosto, contra o Vitória, pela 21ª rodada. Isso porque a organização da Rio 2016 devolverá o estádio só no dia 21, mas uma negociação entre as partes pode antecipar a 'devolução'.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos