Sport bate o Atlético-PR e alcança terceira vitória seguida no Brasileiro

Do UOL, em São Paulo

Após deixar a zona de rebaixamento no último domingo, o Sport deu continuidade à sua boa fase e derrotou o Atlético-PR por 2 a 0 neste sábado, na Ilha do Retiro. Os gols foram marcados por Diego Souza, que chegou à marca de 100 jogos pelo clube pernambucano, e Edmílson.

Com a vitória, o Sport atingiu os 21 pontos e dorme na 12ª colocação do Campeonato Brasileiro. A arrancada na competição foi iniciada na 15ª rodada, com um resultado positivo diante do Grêmio, e confirmada no último fim de semana, contra o Cruzeiro, no Mineirão.

A derrota na Ilha do Retiro impediu o Atlético-PR, que entrou em campo com dez desfalques, de entrar no G-4. A equipe paranaense segue com 27 pontos, na 7ª posição.

Na próxima rodada, o Sport recebe o América-MG na Ilha do Retiro. A partida está agendada para quarta-feira, às 19h30. Às 21h45 do mesmo dia, o Atlético-PR enfrenta o Corinthians na Arena da Baixada.

Quem foi bem: Diego Souza comanda o Sport mais uma vez

Diego Souza não cansa de repetir em suas entrevistas que tem a sensação de estar em casa na Ilha do Retiro. A cada jogo, o jogador parece mais à vontade com a camisa do Sport.

Neste sábado, o experiente atleta ditou mais uma vez o ritmo da equipe de Oswaldo de Oliveira e anotou um gol de pênalti em sua 100ª partida pelo clube pernambucano. Na comemoração, em um novo sinal de sua identificação com a camisa, beijou o escudo e levou a torcida à loucura na Ilha do Retiro.

Quem foi mal: improvisado como volante, Marcão deixa a desejar

O Atlético-PR não teve nenhum volante de origem neste sábado. O zagueiro Marcão atuou improvisado no setor e não conseguiu dar uma boa saída de bola à sua equipe. Além disso, sofreu para segurar as investidas do Sport.

Domínio total do Sport na 1ª etapa

Enquanto o Sport tinha seu time praticamente completo, Paulo Autuori não pôde contar, entre suspensos, machucados e poupados, com dez jogadores. Dos 11 atletas que iniciaram o duelo, só Weverton, Paulo André e Pablo vinham de uma sequência como titulares.

Com o adversário desfigurado e improdutivo na saída de bola, o Sport foi muito superior durante o primeiro tempo. Comandados por Diego Souza e Everton Felipe, os pernambucanos tiveram mais posse de bola e volume de jogo. Se não fosse pela atuação discreta de Edmílson, isolado no ataque e pouco participativo nas tramas ofensivas, os donos da casa poderiam ter ido ao intervalo com um placar mais elástico.

Diego Souza aproveita lance imprudente do Atlético-PR

A inexperiência do lateral esquerdo Nicolas, reserva de Sidcley no Atlético-PR, abriu caminho para que Diego Souza coroasse seu centésimo jogo pelo Sport com um gol.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, o atacante Rogério recebeu passe de Diego Souza, dominou dentro da área e caiu após receber uma pancada do jovem do clube paranaense na perna. Pênalti para o Sport.

Na cobrança, Diego Souza bateu com muita categoria no ângulo de Weverton e partiu para a comemoração com a torcida local.

 

 

Galhardo: estrela solitária

O Atlético-PR teve nesta noite dois jogadores estreantes: Rafael Galhardo, destaque do último Campeonato Brasileiro pelo Grêmio, e Luciano Cabral, ex-atleta do Argentinos Juniors.

Após uma passagem apagada pelo Anderlecht, da Bélgica, Galhardo não sentiu a falta de entrosamento com os novos companheiros e foi o jogador mais lúcido do Atlético-PR. No fim da etapa inicial, ele cobrou falta com muito perigo e provocou a melhor chance dos visitantes nos primeiros 45 minutos.

Oportunismo de Edmílson deixa o Sport tranquilo no jogo

Edmílson não esteve no mesmo nível dos jogadores do setor ofensivo do Sport ao longo da primeira etapa. Muito isolado no ataque, ele quase não foi acionado pelos companheiros.

Aos 7 minutos do segundo tempo, Edmílson recebeu de Samuel Xavier, tentou concluir para o gol de letra e furou. Segundos depois, o jogador se redimiu e mostrou oportunismo ao aproveitar um rebote de Weverton.

O gol de Edmílson deixou o Sport em posição confortável no jogo, mas fez com que os donos da casa perdessem poder ofensivo e recuassem na segunda metade da etapa final. 

FICHA TÉCNICA

SPORT 2 x 0 ATLÉTICO-PR

Data: 30/7/2016 - Sábado, às 18h30

Local: Ilha do Retiro, em Recife

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio

Assistentes: Cristian Passos Sorence e Fabrício Vilarinho da Silva

Cartões amarelos: Serginho (Sport)

Gols: Diego Souza (16'/1º T), Edmílson (8'/2º T)

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Mathues Ferraz, Ronaldo Alves, Rodney Wallace; Rithely, Serginho (Rodrigo Mancha), Everton Felipe, Diego Souza, Rogério (Paulo Roberto) e Edmílson (Mark González). Técnico: Oswaldo de Oliveira

ATLÉTICO-PR: Weverton; Rafael Galhardo, Paulo André, Wanderson, Nicolas; Marcão, Luciano Cabral, Marcos Guilherme (Giovanny); Juninho (Matheus Rossetto), Pablo e Yago (Lucas Fernandes). Técnico: Paulo Autuori

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos