Zaga invicta de 2015 vira solução de Mano no Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro

    Manoel e Bruno Rodrigo (ao fundo) não perderam com Mano Menezes no Brasileiro de 2015

    Manoel e Bruno Rodrigo (ao fundo) não perderam com Mano Menezes no Brasileiro de 2015

Mano Menezes está de volta ao Cruzeiro, mas já viu muita coisa mudar no time desde que deixou a equipe, há sete meses. Anunciado na terça e apresentado na quarta, o comandante só teve quatro dias para trabalhar a equipe antes do primeiro compromisso da nova era, neste domingo, contra o Santos. Por isso, o treinador adotou um critério para tentar iniciar a reação. A base do time titular terá velhos conhecidos do treinador. A começar pela defesa, atualmente a segunda pior do Brasileirão, mas que terá uma nova dupla, invicta durante sua primeira passagem pela Toca da Raposa.

Desde que retornou de lesão, o zagueiro Manoel não teve oportunidades de jogar no Cruzeiro de Paulo Bento. Na última partida contra o Sport, o defensor ficou no banco e foi preterido por Léo e Bruno Rodrigo. Mas desta vez, Manoel terá sua chance de estrear no Brasileirão. O jogador já foi confirmado por Mano e vai reeditar a dupla com Bruno Rodrigo que não perdeu sob o comando do treinador no ano passado. Juntos no miolo de zaga, o Cruzeiro fez 10 compromissos, venceu quatro e empatou seis na temporada passada.

"O time que treina, vai para o jogo. A escalação do Manoel é uma ideia que tenho, trabalhou bem no ano passado. Também gosto do Léo, mas temos que partir de uma base. E a base que eu escolhi foi essa com o Manoel e o Bruno Rodrigo", comentou o treinador.

Além da defesa, Mano também recorreu a outras figuras conhecidas para escalar o Cruzeiro na Vila Belmiro. No ataque, o recém contratado Ramón Ábila foi preterido por Willian, atacante que não começou o ano bem e ainda não reencontrou seu bom futebol, mas que foi o maior destaque na reação de 2015, já no comando de Mano Menezes.

O número de gols sofridos é uma grande preocupação no Cruzeiro. Na tabela de classificação, somente o América foi mais vazado (29 vezes). Ao lado de Sport e Chapecoense, a Raposa tem a segunda pior defesa, com 27 tentos sofridos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos