Cristóvão elogia Corinthians, mas admite incômodo com chances perdidas

do UOL, em São Paulo

O Corinthians não teve muitas dificuldades para vencer o Internacional neste domingo. Apesar da vitória magra por 1 a 0, a equipe comandada por Cristóvão Borges criou diversas oportunidades em contra-ataques, mas não aproveitou nenhuma delas e correu riscos até o final, já que o clube gaúcho esboçou uma pressão até os minutos finais. O técnico gostou da postura do time no Beira-Rio, elogiou a postura de seus jogadores, mas se incomodou com as chances perdidas.

"Entendemos como seria o jogo e jogamos com inteligência. Tivemos a posse de bola e soubemos esfriar o ímpeto do Inter. Jogamos bem, de maneira inteligente, e praticamos aquilo que precisávamos fazer", disse Cristóvão em entrevista coletiva, antes de completar.

 

 

"Não podemos [desperdiçar lances]. Corre-se o risco de sofrer o empate e até mesmo a virada. Será difícil criarmos tantas oportunidades quanto tivemos nesse jogo, nesse nível, controlando o jogo. Poderíamos ter ganho sem precisar sofrer. É algo que vamos rever, não pode acontecer. Quando se tem a oportunidade, precisa acertar", completou.

Cristóvão Borges ainda elogiou a participação de Elias na partida, autor do gol da vitória, que voltou ao time titular pela primeira vez após se recuperar de uma fratura na costela.

"Fizemos todo um trabalho voltado para o retorno dele (Elias). O planejamento era ficar as duas partidas no banco (Figueirense e São Paulo) e depois fizemos um treinamento que tinha a ver com a volta dele, para ele suportar o máximo possível. E foi muito bem. A equipe, de maneira geral, foi bem, gostei do jogo, foi uma grande partida", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos