Cruzeiro chega a dez derrotas e jogadores lamentam revés em outro bom jogo

Do UOL, em Belo Horizonte

Cruzeiro e Santos entraram em campo separados por 14 pontos. Diferença que ficou apenas na tabela. Mesmo diante de um adversário que está no G4, o Cruzeiro jogou melhor em boa parte do jogo. Criou boas chances, marcou bem e, principalmente, não parecia uma equipe que luta contra o rebaixamento.

No entanto, bastou um erro, aos 16 minutos do segundo tempo, para a atuação do Cruzeiro ir por água abaixo. Aquele bom time do primeiro tempo e do começo da etapa final sumiu. Mais uma vez se viu em campo aquele Cruzeiro desorganizado e perdido. O gol contra de Lucas exemplifica bem o que foi a equipe celeste após o primeiro gol santista.

E foi isso que os jogadores do Cruzeiro lamentaram na saída do gramado. "Mais uma derrota e jogando bem de novo. Vou começar a pedir para o time jogar mal e ganhar, já que joga bem e perde. É até difícil falar neste momento. O que resta é trabalhar, ver o que Mano vai passar. Agora é buscar o resultado positivo no jogo em casa, contra o Inter. Torcer para o Mano dá o padrão de jogo para a equipe e virem as vitórias", disse o abatido Robinho, que até lamentou a falta de sorte cruzeirense.

"Não dá para entender o que está acontecendo. Futebol é complicado. Estamos também com um pouco de azar, falta de sorte. Tivemos chances, não fizemos e depois tomamos os gols. Futebol tem der ser um pouco mais letal, fazer as chances que temos, pois os caras chegam duas vezes e fazem os gols", completou o meia celeste.

Com o resultado na Vila Belmiro o Cruzeiro chegou a dez derrotas em 18 partidas. Como comparação, no Brasileirão do ano passado, quando também chegou a lutar contra o rebaixamento, a equipe celeste terminou com somente 13 derrotas em 38 partidas. Dado alarmante para os torcedores.

Para a próxima rodada, contra o Inter, o atacante Willian é a baixa, já que levou o terceiro cartão amarelo. E, assim como Robinho, o camisa 9 também lamentou o bom jogo realizado pelo Cruzeiro, mas que não rendeu nenhum ponto.

"Difícil. A gente estava bem, fizemos um grande primeiro tempo. O time estava equilibrado, bem organizado. Mas no primeiro gol deixamos o jogador livre e ele bom passe. Mas não temos tempo para lamentar, pois na quinta-feira já tem jogo importante, é todo mundo unido e acreditando no trabalho para sair dessa situação".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos