Corinthians afunda o Inter no Beira-Rio e assume liderança do Brasileiro

do UOL, em São Paulo

Depois de dois empates seguidos dentro de casa, o Corinthians enfim voltou a vencer. Neste domingo, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe comandada por Cristóvão Borges não apresentou um futebol de encher os olhos dos torcedores, mas fez o necessário para aumentar a crise no Internacional e assumir a liderança da competição. Elias, titular pela primeira vez após se recuperar de uma fratura na costela, garantiu o triunfo por 1 a 0 no Beira-Rio.

Com a vitória, o Corinthians assume a ponta da tabela do Campeonato Brasileiro, já que soma 33 pontos, um a mais que o Palmeiras, que foi derrotado pelo Botafogo por 3 a 1 no fechamento da rodada. Já o Internacional despenca para a 13ª posição, com apenas 21 pontos somados e, agora, com nove jogos sem saber o que é vencer na competição.

Quem foi bem: Elias, titular e decisivo

Ricardo Duarte/SC Internacional
Elias voltou ao time titular do Corinthians neste domingo

Depois de ficar afastado por mais de 40 dias após sofrer uma fratura na costela, Elias voltou ao time titular do Corinthians neste domingo. Recuperado há duas semanas da contusão, ele ficou no banco contra Figueirense e São Paulo para recuperar ritmo de jogo e voltou a ganhar uma chance na equipe inicial de Cristóvão Borges. Apesar de não demonstrar um bom volume de jogo, apareceu na hora decisiva, marcando o gol da equipe no primeiro tempo.

Quem foi mal: Ariel, desperdiçou bons ataques

 

 

Mais famoso pela presença de área do que por uma movimentação constante no ataque, Ariel pouco contribuiu para evitar um tropeço do Internacional neste domingo. Apesar da pouca criatividade do setor ofensivo colorado, o atacante argentino teve boas chances de gol, mas ou pecava no domínio, ou errava no tempo de finalização. O lance mais claro aconteceu no primeiro minuto da etapa final, quando ele aproveitou um vacilo de Balbuena, mas se enrolou e desperdiçou uma ótima chance na frente de Cássio.

Tensão, erros e pouca criatividade

Internacional e Corinthians demonstraram muita tensão nos primeiros 20 minutos de bola rolando. Com muitos erros de passe, o jogo ficava travado na marcação no meio de campo e pouco evoluía no setor ofensivo. Apesar do clube paulista ter mais posse de bola, foram os donos da casa que chegaram com perigo pela primeira vez. Ariel tentou dominar a bola dentro da grande área e a bola sobrou para Valdívia, que bateu para uma defesa estranha (de manchete) de Cássio. Já os visitantes tiveram uma oportunidade com André, que desperdiçou um ótimo cruzamento com um cabeceio sem direção.

Vacilo colorado e oportunismo alvinegro

Quando a etapa inicial parecia que terminaria empatada por 0 a 0, um simples lance de lateral, somado a uma desatenção da zaga do Internacional, resultou no gol corintiano. Uendel cobrou o lateral, Giovanni Augusto recebeu na área e deixou para Romero, que serviu Elias para abrir o placar no Beira-Rio. Com categoria, o camisa 7 bateu chapado no canto do goleiro, sem chance para Marcelo Lomba.

Inter melhora, mas não consegue empatar

Logo na volta do intervalo, Falcão promoveu as entradas de Sasha e do estreante Nico López, nos lugares de Vitinho e Valdívia, respectivamente. As alterações até que melhoraram o futebol apresentado pelo Internacional, que ficou mais com a bola e chegou com mais perigo ao gol defendido por Cássio. No entanto, a maioria delas terminava no pé de Ariel, que não teve uma tarde feliz e desperdiçou boas oportunidades.

Jejum de vitórias

O Internacional não sabe o que é vencer há nove rodadas, sendo dois empates (Coritiba e Ponte Preta) e sete derrotas (Figueirense, Botafogo, Flamengo, Grêmio, Santa Cruz, Palmeiras e Corinthians). O último triunfo aconteceu no longínquo 16 de junho, contra o Atlético-MG, então oitava rodada. Na época, os três pontos davam aos gaúchos a liderança da competição. Hoje, a equipe comandada por Falcão, que assumiu após a demissão de Argel, ocupa apenas a 13ª posição.

Agenda

Na próxima rodada, o Corinthians visita o Atlético-PR, quarta-feira (3), às 21h45 (de Brasília), na Arena da Baixada. Já o Internacional vai ao Independência enfrentar o Cruzeiro, quinta-feira, às 21h, pela penúltima rodada do primeiro turno da competição.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 0 X 1 CORINTHIANS
 
Data: domingo, 31 de julho de 2016
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (ambos de GO)
Cartões amarelos: André e Yago (Corinthians); Ariel e Paulão (Inter)
Gol: Elias (Corinthians)
 
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Ernando, Paulão, Leandro Almeida e Artur; Anselmo (Jair), Fabinho, Seijas e Valdívia (Nico López); Vitinho (Sasha) e Ariel
Técnico: Paulo Roberto Falcão
 
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Elias (Rodriguinho), Romero, Giovanni Augusto (Danilo) e Marquinhos Gabriel; André (Luciano)
Técnico: Cristóvão Borges

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos