Marcelo aprova dupla Fred e Pratto no Atlético-MG e indica continuidade

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Em campo estavam o artilheiro do Atlético-MG na temporada 2015 e o jogador contratado para ser artilheiro do Atlético a partir de agora. Pela primeira vez, desde o começo da partida, Lucas Pratto e Fred estavam juntos. E o Atlético jogou bem e venceu o Santa Cruz, por 3 a 0. Se o argentino passou em branco, apesar de uma boa chance para marcar, Fred deixou o dele.

Atuação aprovada pelo técnico Marcelo Oliveira. Na opinião do treinador do Atlético, é claro que faltou algum ajuste, mas algo que a dupla de centroavantes e o time vão encontrar com o passar dos jogos. Por isso, a tendência é que na próxima rodada, contra o São Paulo, o Atlético tenha mais uma vez o ataque formado por Lucas Pratto e Fred, além de Robinho.

"Eu achei que não funcionou bem. É novidade para o Pratto você fazer a função (meia). Quando tem menos marcadores, cria uma maior dificuldade para o time. E não tinha um armador, contra o adversário, que tinha tantos volantes, tivemos uma certa dificuldade. Mas no segundo tempo as coisas fluíram bem. Acho que podem jogar, é apenas o início, apenas um jogo. O Pratto está voltando agora, até por isso saiu durante a partida", explicou Marcelo Oliveira.

E não foi apenas o treinador que aprovou. Os jogadores também ficaram satisfeitos com o desempenho em campo. "Foi grande jogo nosso. Conseguimos ficar com a bola, marcar forte, fazer tudo sincronizado e, principalmente, envolver o adversário", comentou Fred, que marcou pela quinta vez pelo Atlético, em dez partidas.

Se Fred tem bons números no Brasileirão, Lucas Pratto ainda busca o primeiro gol na edição 2016. O goleador atleticano na temporada passada disputou apenas três jogos, nenhum completo, e ainda não fez gol. Após ficar dois meses fora do time por causa de uma lesão na panturrilha direita, Pratto ressalta que ainda está em busca da melhor forma física.

"Me senti bem. Sabia que era preciso recuperar a forma física. Sabia também que não suportaria jogar os 90 minutos, mas era possível jogar uns 70 minutos. Foi muito bom e me senti muito feliz em campo", completou o atacante argentino.

Sendo assim, a tendência é o Atlético repetir contra o São Paulo a mesma formação no quarteto ofensivo. Além de Fred e Pratto, Robinho e Maicosuel completam setor. Porém, na última vitória do Atlético fora de casa, contra o Palmeiras, Marcelo Oliveira escalou três volantes. Mistério que o treinador deve fazer até a quinta-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos