Cruzeiro precisa ser 100% e secar rivais para virar o turno fora da degola

Do UOL, em Belo Horizonte

O Cruzeiro pode passar por uma situação inédita na história do Campeonato Brasileiro por pontos corridos. Maior campeão desde que o torneio adotou a fórmula, em 2013, a equipe celeste pode virar o turno dentro da zona de rebaixamento. Algo inédito nas 13 edições já realizadas. E para que isso não aconteça, os comandados de Mano Menezes precisam ter 100% de aproveitamento nas duas próximas rodadas, além de contar com uma combinação de resultados.

Situação nada agradável para quem venceu o turno Brasileirão em duas das três últimas oportunidades. Com os resultados da rodada, mesmo que supere o Internacional, na quinta-feira, no Independência, o Cruzeiro vai fechar a 18ª rodada entre os quatro últimos colocados. Situação complicada e momento de pressão, mas nada para assustar o treinador.

"O Cruzeiro não está nessa situação à toa. Aconteceram coisas para trás que nos colocaram assim. Temos que ser inteligentes para isolar os fatos. Não tem razão, além do abatimento da derrota, para estar criando outros abatimentos. Outras equipes também perdem, a diferença está na situação na tabela. O Cruzeiro não está acostumado e tem que sair dessa situação, mas soubemos sair no ano passado, temos que assimilar o que precisamos fazer", disse Mano Menezes, que acredita que logo o Cruzeiro estará livre desse momento ruim.

"Disse aos jogadores que fiquem com a cabeça no lugar que logo estaremos em outra situação", completou o treinador celeste.

Com 15 pontos, a diferença do Cruzeiro para o Vitória, primeiro time fora da zona de rebaixamento, já é de quatro pontos. Como a equipe baiana vai enfrentar o Coritiba, que tem 18 pontos e também está dentro da zona do rebaixamento, a equipe cruzeirense precisa vencer o Inter e o Corinthians para que seja possível começar o segundo turno fora da zona do rebaixamento.

Mas além de vencer as duas próximas rodadas, o Cruzeiro precisa torcer por alguns resultados, como tropeços de Figueirense e Botafogo. Só assim a equipe mineira não termina o turno entre os últimos colocados. Difícil, mas não impossível. E como foi em 2015, Mano Menezes convoca a torcida, para que seja o diferencial do Cruzeiro a partir de agora.

"Todos os jogos serão fundamentais para o Cruzeiro. A diferença é que vamos jogar com o nosso torcedor, que já vem ajudando a equipe. Vamos contar com eles na quinta-feira e vamos fazer com que eles sintam orgulho da equipe que vão ver em campo".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos