Treino do Inter tem reunião com Falcão e novo protesto da torcida

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeremias Wernek/UOL

O treinamento do Internacional, nesta terça-feira (2), foi marcado por dois fatos: uma reunião de Paulo Roberto Falcão com os jogadores e um rápido protesto de torcedores do lado de fora do estádio Beira-Rio. A atividade, fechada após o aquecimento, encaminhou o time para pegar o Cruzeiro, em jogo da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ceará, contratado junto ao Coritiba, não apareceu no gramado. O lateral direito, 36 anos, ainda passa pelo trâmite burocrático antes de ser anunciado oficialmente.

A conversa de Falcão com os atletas durou pouco mais de 10 minutos. No centro do gramado, o treinador reuniu os jogadores e durante a explanação puxou Paulão, Ernando e Ariel para o diálogo. Os três responderam a interação e depois seguiram ouvindo.

Luis Manuel Seijas foi um dos que pediu a palavra, no seguimento da reunião com Paulo Roberto Falcão. De costas para as câmeras, o ex-volante gesticulou bastante.

Antes da conversa, na fase do aquecimento, os jogadores foram alvo de protesto. Do lado de fora do estádio, fechado para o público, um grupo entoou gritos. "Sejam mais guerreiros", cantaram. O ato foi extinto rapidamente.

A escalação do Internacional para o jogo contra o Cruzeiro, quinta-feira, é uma incógnita. Leandro Almeida e Anselmo realizaram exames e aguardam resultado para saber se ficam à disposição. O goleiro Danilo Fernandes, com nova lesão na coxa, segue fora. Ceará, contratado do Coritiba, depende de regularização no BID para viajar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos