América-MG cede empate ao Sport no fim do jogo na Ilha do Retiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O América-MG empatou com o Sport, na noite desta quarta-feira (3), por 1 a 1, na Ilha do Retiro, e findou um longo jejum no Campeonato Brasileiro. A equipe não conseguia empatar fora de casa desde a terceira rodada.

Com a igualdade, os mineiros permanecem na lanterna da competição nacional. O time chega a 10 pontos, três a menos que o Cruzeiro, penúltimo colocado. A equipe nordestina, por outro lado, está na 12ª colocação e chega a 22 conquistados.

O melhor: Danilo Barcelos faz gol e mostra boa marcação

O lateral esquerdo improvisado no meio de campo foi o grande nome da partida. O gol para o visitante também contou para que ele fosse o destaque do duelo. Contudo, esta não foi a única contribuição do atleta ao América-MG. Ele ainda auxiliou bastante defensivamente. O esquema implantado por Enderson Moreira valoriza a recomposição dos meias e este fator foi preponderante para que os mineiros saíssem com um emapte da Ilha do Retiro.

América-MG quebra longo jejum

A equipe mineira voltou a pontuar fora de seus domínios após dois meses sem conseguir nenhum ponto sequer nesta condição. A última vez que o América-MG conseguiu pelo menos um empate como visitante foi em 28 de maio passado. Na ocasião, o time empatou com o Cruzeiro por 1 a 1 no Mineirão. Esta é a primeira vitória do clube de Belo Horizonte longe do estádio Independência na atual edição do Campeonato Brasileiro.

Erros de finalização impedem vitória do Sport

O Sport até criou boas oportunidades para balançar a rede adversária. Contudo, não foi eficiente. Edmilson e Everton Felipe criaram as duas melhores chances. Contudo, pararam nas mãos de João Ricardo. No primeiro tempo, o centroavante invadiu a área do América-MG e tentou encobrir o goleiro, mas sem eficiência. Rogério e Diego Souza ainda cometeram equívocos em conclusões feitas na grande área. Nos minutos finais, Mark González, substituto de Rodney Wallace, marcou de cabeça.

Danilo faz belo gol, mas sem comemoração

Danilo Barcelos retornou à Ilha do Retiro nesta quarta-feira para enfrentar o Sport, clube que defendeu entre 2014 e 2015. Improvisado na ponta esquerda, o lateral marcou um gol para o América-MG após boa jogada com Matheusinho. O atleta, contudo, optou por não celebrar o tento: "Estou muito feliz. É um clube que fiquei dois anos, aprendi a respeitar bastante. Muito feliz de fazer um gol pelo clube que eu amo. Preferi não comemorar em respeito aos dois anos que passei nesse clube (Sport)", afirmou.

Oswaldo de Oliveira prioriza a qualidade na criação

O treinador do Sport tem bons nomes no setor de armação. Diego Souza, Rogério e Everton Felipe deram movimentação e criatividade ao ataque do mandante. Contudo, o centroavante Edmilson e os membros do trio não apresentaram eficiência nas finalizações. As jogadas até foram criadas – não é à toa que os pernambucanos finalizaram 12 vezes, contra seis do adversário –, mas os erros nos chutes atrapalharam a equipe. Com o dobro de finalizações, a equipe conseguiu somente o gol de Mark González.

Enderson Moreira dá padrão ao América-MG

O América-MG fez a terceira boa partida consecutiva no Campeonato Brasileiro. O padrão dado ao time por Enderson Moreira é muito bom. Os mineiros não ficam limitados a se defender. Pelo contrário. A equipe sai bem em jogadas pelos lados do campo e apresenta boa postura defensiva, mesmo com atletas tecnicamente inferiores.

Árbitro assinala infração inusitada

Aos 22 minutos do primeiro tempo, aproximadamente, João Ricardo demorou a realizar a reposição. O árbitro Heber Roberto Lopes assinalou falta do jogador do América-MG. O goleiro permaneceu cerca de dez segundos com a bola em suas mãos. O limite para que o objeto volte à disputa é de seis segundos. No entanto, não é comum que os juízes assinalem este tipo de infração.

Ficha técnica
Sport x América-MG

Local: Ilha do Retiro, no Recife (PE)
Data: 3/8/2016 (quarta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC/Fifa)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC/Fifa) e Carlos Berkenbrock (SC)
Público / Renda: 20.987 pagantes / R$ 342.425,00
Cartões amarelos: Diego Souza (Sport); João Ricardo, Juninho, Sueliton, Loboa (América-MG)

Gol: Danilo Barcelos - 39'/1ºT (0-1); Mark González - 49'/2ºT (1-1)

Sport
Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Rodney Wallace (Mark González); Rithely, Serginho (Túlio de Melo), Everton Felipe e Diego Souza; Rogério e Edmílson (Gabriel Xavier).
Técnico: Oswaldo de Oliveira.

América-MG
João Ricardo; Jonas, Sueliton, Alison e Gilson; Juninho, Leandro Guerreiro, Pablo e Danilo Barcelos (Loboa); Matheusinho (Claudinei) e Michael (Victor Rangel).
Técnico: Enderson Moreira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos