Grêmio empata com Santa Cruz e mantém sina contra times do Z-4

Do UOL, em Porto Alegre

A sina do Grêmio contra times da zona do rebaixamento segue. Nesta quinta-feira (4), o time gaúcho não saiu do zero com o Santa Cruz, em Porto Alegre. Com o resultado, o Tricolor deixa escapar pela segunda vez consecutiva a chance de chegar ao primeiro lugar do Campeonato Brasileiro.

No final de semana, o Grêmio empatou com o América-MG em Belo Horizonte. Antes, perdeu para o Sport - que à época era penúltimo. O empate em casa deixa o time com 32 pontos, em quarto lugar. Já o Santa Cruz chega aos 18 e continua na zona da degola.

A partida na Arena do Grêmio, válida pela 18ª rodada do Brasileirão, foi marcada pelas bolas na trave. Douglas e Bolaños acertaram o pau para o Grêmio. João Paulo carimbou o travessão para o Santa Cruz.

Quem foi bem: Marcelo Grohe para Grafite e salva o Grêmio

Goleiro fez três boas defesas na partida, venceu duelo particular com o centroavante e salvou o Grêmio. No resto do jogo, o camisa 1 mostrou segurança e sorte - pela cobrança de falta de João Paulo, que explodiu no travessão. Em um jogo fraco ofensivamente do time gaúcho, ele foi destaque.

Quem decepcionou: Bolaños acerta a trave, flutua e fica nisso

Equatoriano caiu pelos lados, foi referência no começo do jogo e tentou de dentro e fora da área. Acertou a trave em bela cobrança de falta, que deu rebote e virou gol perdido incrível por Negueba. Apesar da vontade, do esforço, Miller Bolaños de novo passou em branco. Mais uma vez não fez a diferença.

Wallace Oliveira erra e mantém incerteza

O jogo contra o Santa Cruz era uma nova chance para o lateral direito emprestado pelo Chelsea. Erro em passes, dribles e cruzamentos não fizeram a jornada dele ser feliz. Escalado na vaga de Edilson, suspenso por cartão vermelho, ele facilmente voltará para o banco de reservas. E terá de correr mais para ter outra vez.

Grêmio acerta a trave duas vezes

Reativo até os 20 minutos, o Grêmio teve muitas dificuldades para conseguir criar e finalizar. Sem profundidade e com erros de passes, o time da casa também sucumbiu a marcação individual. Douglas penou para escapar de Derley. No segundo tempo o volume foi maior. Negueba teve a chance mais viva, em rebote de bola na trave. Sozinho na pequena área, ele cabeceou para fora. Atrás do placar, o Tricolor ainda deu espaços e tomou sustos em sequência com os contra-ataques. No final, Grohe salvou.

Santa Cruz avança e se recolhe para ter mais chances

Dono da bola no começo, o Santa Cruz não teve qualidade para aproveitar o cenário que criou. Ainda assim, foi para o vestiário com as duas melhores chances do primeiro tempo. Bem compactado, o time de Recife começou explorando o lado esquerdo da defesa do Grêmio e depois variou. O repertório se esvaiu e na reta final, Keno e Grafite carregaram o time em contra-ataques. O centroavante teve duas chances e não conseguiu furar a defesa.

Roger mexe em todos e não acha nada

Pedro Rocha e Negueba mudaram constantemente de lado, mas a produção de ambos foi fraca. A saída de Roger Machado foi liberar Bolaños, espetar Douglas. Depois, Guilherme foi a cartada na vaga de Pedro Rocha. O jovem deu vitória pessoa e amplitude. Henrique Almeida entrou na vaga de Negueba e mudou tudo de novo.

Milton Mendes esboça novo esquema e controla

Com Derley destacado para seguir Douglas, o Santa Cruz fugiu de seu padrão. Deixou o 4-3-3 ou 4-4-2 para esboçar um 4-1-3-2. No começo, amplitude e busca pelos corredores. Depois, compactação e verticalidade.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X SANTA CRUZ

Data e hora: 04/08/2016 (Quinta-feira), às 19h30 (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Tatiane dos Santos Camargo e Alex Ang Ribeiro (ambos de SP)
Cartão amarelo: Danilo Pires, Jadson e Roberto (STA)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Maicon, Jailson, Pedro Rocha (Guilherme), Douglas (Lincoln) e Negueba (Henrique Almeida); Bolaños
Técnico: Roger Machado

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Léo Moura, Neris, Danny Morais, e Tiago Costa (Roberto); Derley, Jadson (Arthur), Danilo Pires, João Paulo e Keno; Grafite
Técnico: Milton Mendes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos