Marcelo destaca reação do Atlético-MG após gol sofrido aos quatro minutos

Do UOL, em Belo Horizonte

´

Logo aos quatro minutos do primeiro tempo o São Paulo marcou o primeiro gol da noite no confronto com o Atlético-MG. O belo chute do argentino Chávez poderia ser o aviso de uma noite ruim para a equipe alvinegra. Mas não foi. Com jogadores experientes e com a confiança em alta, o Atlético fez seu jogo e aos 21 minutos já vencia por 2 a 1.

E para o técnico Marcelo Oliveira, a maneira como a equipe reagiu ao gol sofrido que determinou o resultado. O treinador ressaltou que o time não se abateu com o 1 a 0 adverso já nos primeiros minutos de partida.

"Você leva um gol com dois minutos e o time não se abalou, reagiu bem. Mas no segundo tempo erramos, principalmente na segunda bola e não encaixamos o contra-ataque. O São Paulo saiu com tudo, com qualidade e é um time bem armado. Nós tínhamos o contra-ataque, mas não encaixamos o último passe, para fazer terceiro gol e definir o gol", analisou Marcelo Oliveira, que viu a qualidade do São Paulo como algo determinante para o segundo tempo ruim do Atlético.

"Foi um jogo muito difícil, especialmente no segundo tempo. Méritos do São Paulo, que é um time muito bom, que buscou e foi todo para o ataque. Apesar de o Atlético ter reagido no primeiro tempo, após sofrer o gol, sempre é muito difícil jogar aqui contra o São Paulo".

Agora, de vez na briga pelo título, o Atlético não sofreu nenhuma baixa para o confronto com a Chapecoense, que encerra o primeiro turno. Pelo contrário, a equipe mineira vai ter o retorno do volante Leandro Donizete, que cumpriu suspensão diante do São Paulo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos