Chávez faz golaço, mas SP leva virada do Atlético-MG no adeus de Bauza

Do UOL, em São Paulo

O golaço de Andrés Chávez logo aos 4 minutos de bola rolando não foi suficiente para o São Paulo sair do Morumbi com uma vitória nesta quinta-feira (4), contra o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro. Maicosuel e Lucas Pratto viraram a partida e definiram o triunfo mineiro por 2 a 1.

A derrota manteve o São Paulo com 23 pontos, na décima colocação. O jogo também foi o último do técnico Edgardo Bauza à frente do clube - ele agora vai assumir a seleção argentina.

Já o Atlético manteve a excelente sequência de resultados recentes, pulou para 32 pontos e colou no G-4, ficando na quinta posição. O time perde do quarto colocado Grêmio no saldo de gols.

Chávez brilha com golaço, mas some depois

Julia Chequer/Folhapress

O argentino Andrés Chávez não poderia ter assinado melhor o seu primeiro gol com a camisa do São Paulo. Logo aos 4 minutos de jogo, uma bola sobrou para ele na intermediária; notando Victor adiantado, o atacante acertou uma bomba de longe que encobriu o goleiro do Atlético. Chávez comemorou muito o golaço, mas não teve tantos motivos para celebrar ao longo do jogo: isolado na frente, ele recebeu poucas bolas de qualidade e não levou muito perigo na área, aparecendo apenas com finalizações fracas.

Bauza dá adeus com aproveitamento fraco

Apesar de ter levado o São Paulo até as semifinais da Libertadores, prioridade do clube até a eliminação para o futuro campeão Atlético Nacional, Bauza não deixa números favoráveis em sua passagem pelo Morumbi. Em oito meses de trabalho, foram 17 vitórias, 13 empates e 18 derrotas, com aproveitamento de apenas 44,4% e a décima colocação no Brasileirão.

Ataque do Galo mostra qualidade e dedicação

Fred, Lucas Pratto e Robinho juntos? Mais uma vez, o Atlético mostrou que a mistura dá muito certo. O trio teve a qualidade de sempre para criar jogadas de perigo e também muita dedicação na parte defensiva, com Robinho e Pratto se revezando para cobrir o lado esquerdo sem a bola e ajudar na marcação. Maicosuel, pela direita, completou um ótimo quarteto ofensivo e fez seu gol após passe de Fred, enquanto Pratto marcou um golaço após arrancar pelo meio.

Fred tem gol anulado incorretamente

 

O Atlético-MG poderia ter acabado o primeiro tempo com 3 a 1 de vantagem, quando Robinho levantou na área e Fred desviou de cabeça para as redes. Mas a arbitragem errou ao anular o gol do camisa 99 por impedimento. Imagens de replay mostraram que o centroavante estava na mesma linha do zagueiro Maicon, que não conseguiu cortar o passe. Se o Atlético tivesse vencido por 3 a 1, superaria o Grêmio nos critérios de desempate e entraria no G-4.

São Paulo pressiona, mas sem criatividade

Julia Chequer/Folhapress

Com o Atlético-MG em vantagem no placar e recuando no segundo tempo, o São Paulo teve a chance de tomar a iniciativa do jogo e pressionou. Mas faltou criatividade no meio-campo para ameaçar mais. Sem o suspenso Cueva, Bauza apostou em um sistema de três volantes, e o time sofreu com a lentidão para circular a bola até a entrada de Luiz Araújo no lugar de Wesley. As melhores chances vieram em cabeçadas de Maicon e do garoto Pedro, mas Victor brilhou com grandes defesas. Com isso, aumentou o jejum: já são quatro jogos sem vencer desde a eliminação na Libertadores.

Estreia de Buffarini tem disposição e cartão amarelo

O lateral direito Buffarini fez seu primeiro jogo pelo São Paulo justamente na despedida de Bauza, técnico com quem foi campeão da Libertadores no San Lorenzo e que pediu insistentemente por sua contratação. A estreia foi discreta, mas o argentino mostrou disposição na marcação e alguns cruzamentos perigosos no ataque. Também sobrou um cartão amarelo por entrada dura em Júnior Urso.

FICHA TÉCNICA

São Paulo 1 x 2 Atlético-MG

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data: 04/08/2016
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)

Gols: Chávez, aos 4 minutos, Maicosuel, aos 12 minutos, e Pratto, aos 21 minutos do 1º tempo
Cartões amarelos: Lugano e Buffarini (São Paulo); Maicosuel e Otero (Atlético-MG)

São Paulo: Denis; Buffarini, Lugano, Maicon e Mena; Hudson; Kelvin, Thiago Mendes (Pedro), Wesley (Luiz Araújo) e Michel Bastos (Daniel); Chávez. Técnico: Edgardo Bauza

Atlético-MG: Victor; Carlos César, Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Júnior Urso e Rafael Carioca; Maicosuel (Lucas Cândido), Robinho (Otero) e Lucas Pratto; Fred (Luan). Técnico: Marcelo Oliveira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos