Pratto já espera ser lembrado por Bauza na seleção argentina

Do UOL, em Belo Horizonte

´

Nas últimas duas temporadas o atacante Lucas Pratto conquistou prêmios individuais. Em 2014 foi eleito o melhor jogador do ano no futebol argentino e em 2015 foi escolhido como o melhor jogador estrangeiro do Campeonato Brasileiro. Aos 28 anos, Lucas David Pratto vive os melhores anos da carreira profissional. Mas ainda falta algo. Falta ser convocado para defender a seleção argentina.

Com uma enorme concorrência, Pratto não foi chamado pelos treinadores anteriores. Algo que ele espera que seja diferente a partir de agora, com a entrada de Edgardo Bauza no comando do selecionado argentino. E Bauza conhece muito bem o atacante do Atlético-MG. Então técnico do São Paulo, os dois argentinos se enfrentaram na Libertadores e o Pratto fez parte da lista de reforços passados pelo treinador para a diretoria do clube paulista.

E quis o destino que o último jogo de Bauza no São Paulo fosse contra Lucas Pratto. Chance para o camisa 9 do Atlético impressionar mais uma vez o treinador, agora responsável pela seleção argentina. Assim fez Lucas Pratto. O argentino marcou o gol da virada alvinegra, fazendo com que Bauza se despedisse com derrota do São Paulo.

Com mais uma boa atuação no futebol brasileiro e a chegada de um treinador que gosta de seu futebol, Pratto não esconde que o sonho de ser convocado voltou e com força. O atleticano revela ter uma esperança maior a partir de agora.

"Se falou muito nas últimas semanas que ele queria que eu viesse jogar no São Paulo. O Bauza já havia me falado várias vezes para melhorar a autoestima. Agora, com ele como treinador, me dá mais uma esperança. Ele falou bem de mim na TV da Argentina. Fazer o gol contra o São Paulo mostrou que estou fisicamente recuperado e bem. Minha esperança é que ele olhe para os atacantes que joguem no Brasil. O Chávez também fez um bonito gol. Espero que ele também olhe para a Argentina, que tem muitos bons atacantes, e não só olhe para a Europa", comentou Pratto.

Com o gol sobre o São Paulo, Lucas Pratto chegou a 34 com a camisa do Atlético, em 81 partidas. Para seguir sonhando e acreditando na convocação, Pratto vai ter de manter as boas atuações. Afinal de contas, a concorrência é grande. Lionel Messi, Ezequiel Lavezzi, Sergio Agüero e Gonzalo Higuaín foram os atacantes que disputaram a Copa América. Nomes como Carlos Tévez e Jonathan Calleri sequer foram lembrados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos