Grêmio ganha folga na tabela e já sabe o que fazer: reformar o time

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Grêmio terá oito dias para aprimorar formação sem Giuliano, Luan e Walace e com Negueba (f)

    Grêmio terá oito dias para aprimorar formação sem Giuliano, Luan e Walace e com Negueba (f)

O Grêmio vai passar por uma reformulação nos próximos dias. Sem jogo no final de semana, por conta do adiamento da partida com o Botafogo, Roger Machado terá tempo suficiente para estudar, testar e aplicar variações no modelo de jogo do time. A meta é adaptar a equipe aos jogadores disponíveis no momento e combater a queda de produção recente.

As convocações de Walace e Luan impactaram bastante no jeito de jogar do Grêmio. A venda de Giuliano para o Zenit, da Rússia, também.

"Penso em treinar, sim, alguma coisa diferente. Adaptar o material humano que temos. Botar peças em determinados lugares. Temos uns dias pela frente", disse Roger Machado após o segundo empate seguido contra times da zona do rebaixamento, sem nenhum gol marcado.

A ausência de Luan é a mais preocupante. Artilheiro do time na temporada, o meia-atacante tem papel fundamental na engrenagem do Grêmio. E até a possibilidade de venda dele assola a comissão técnica.

"Luan está fazendo falta? Claro que sim. Nem sei se ele volta, tem a janela aí. Por mais que o presidente tenha disso que não quer vender, se chegar com R$ 300 milhões, não tenho dúvida que sai. Walace a mesma coisa", argumentou Roger.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Corinthians. Até o jogo que abre o returno, na Arena, em Porto Alegre, Roger terá oito dias para encontrar um jeito de fazer o time jogar sem Luan, sem Walace, sem Giuliano. Um plano, inclusive, para o futuro incerto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos