Santos tenta manter liderança contra técnico que barrou Gabigol

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Cristiano Andujar/Getty Images

    Enderson Moreira entrou em rota de colisão com os jovens do Santos no ano passado

    Enderson Moreira entrou em rota de colisão com os jovens do Santos no ano passado

O duelo entre América-MG e Santos, neste domingo, às 11h (de Brasília), no estádio Independência, em Belo Horizonte, válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, marca o reencontro dos Meninos da Vila com o seu antigo carrasco – o técnico Enderson Moreira.

A passagem do treinador entre 2014 e o início de 2015 causou muitas polêmicas com a nova safra de Meninos da Vila, em especial a Gabigol, principal estrela do clube hoje e que não joga contra o América, pois defende a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro.

O camisa 10 do Santos era reserva com Enderson. O treinador não gostava do comportamento do atleta. Ele acreditava que Gabigol sofria de "estrelismo" e que o pressionava perante a torcida. Para o técnico, o clube também errava ao expor demais o jogador na mídia.

"Eles precisam entender que fazem parte de uma equipe, que precisam trabalhar para essa equipe. Não é fácil, alguns atletas se acham mais do que realmente são. Não conquistaram nada no futebol profissional, não são referências e ainda têm muita coisa para caminhar e buscar. A conquista traz credibilidade, é importante que esse atletas tem esse pensamento. Já que muitos pensam em jogar fora, no futebol europeu, eles precisam melhorar essa qualidade de jogar em equipe", disse Enderson se referindo aos Meninos da Vila na ocasião.

Esta frase foi um dos motivos que desagradaram a diretoria, já que fazer críticas em públicos aos jovens talentos do Santos é algo inadmissível para dirigentes, conselheiros e torcedores santistas.

Além disso, no dia de sua demissão, Enderson brigou com um dos atletas que estará em campo neste domingo – o zagueiro Gustavo Henrique. Enderson gritou bastante com o zagueiro em sua última atividade no comando do time, o que gerou a insatisfação dos atletas. Os lideres do elenco reprovaram a atitude do treinador e levaram o caso a direção. Na ocasião, o técnico não gostou de ser cobrado pela diretoria, não aceitou as críticas e foi demitido.

Como Gabigol, Zeca e Thiago Maia não estarão em campo, Enderson vai rever apeas quatro dos Meninos da Vila que foram preteridos por ele – Vladimir, Daniel Guedes, Caju e Léo Cittadini.

Ricardo Oliveira e Lucas Lima voltam ao time

Dorival Júnior, responsável por promover a nova geração de Meninos da Vila, contará com dois reforços importante neste domingo – o atacante Ricardo Oliveira e o meia Lucas Lima. O primeiro foi poupado contra o Flamengo por causa de um incomodo no joelho direito, enquanto o camisa 20 está recuperado de edema no músculo superior da coxa esquerda.

Outra novidade na equipe será o retorno de David Braz a zaga. Ele formará dupla com Gustavo Henrique, pois o titular Luiz Felipe cumpre suspensão contra o América.

Desta forma, o Santos deve entrar em campo com a seguinte escalação: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique, Caju; Renato, Léo Cittadini, Lucas Lima (Jean Mota), Vitor Bueno, Copete; Ricardo Oliveira. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos