"Falcão é nosso treinador, até que provem o contrário", diz vice do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

O vice presidente do Internacional, Pedro Affatato, não garantiu a sequência de Paulo Roberto Falcão após o empate em 2 a 2 com o Fluminense, neste domingo (07). O dirigente se limitou a dizer que o comandante tem seu emprego neste momento, sem avaliar os próximos dias. 

"O Falcão é nosso treinador até que provem o contrário. A avaliação é permanente e temos que ter atitudes diárias. Tanto o treinador quanto as pessoas do futebol, todos são avaliados. Hoje vi um poder de superação. Temos que continuar dando condições de trabalho", falou Affatato. 
 
A pressão pela queda de Paulo Roberto Falcão é muito grande. O treinador chegou ao quinto jogo no comando do Internacional e, internamente, a avaliação é que pouca coisa melhorou. Foram três derrotas e dois empates. 
 
Os números remam contra o ex-comentarista. Não só os seus, mas a pressão gerada pelas marcas negativas do Inter. Foi, neste domingo, o 11º jogo sem vitória em sequência. Além disso, a zona de rebaixamento está apenas dois pontos atrás do Colorado. 
 
Pressionado, Falcão perdeu a cabeça no primeiro tempo do jogo deste domingo. Gesticulou e xingou um dos auxiliares após marcação que considerou errada. Acabou expulso ainda no primeiro tempo, quando seu time perdia. 
 
"Não queremos falar em rebaixamento. Sabemos do risco que corremos e estamos trabalhando para evitar isso", disse Affatato. 
 
Além do comando técnico, o departamento de futebol deve ter troca de nomes confirmados nessa semana. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos