Falcão mostra descontrole, xinga auxiliar e é expulso em jogo do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Falcão briga com bandeirinha e é expulso em jogo do Inter

    Falcão briga com bandeirinha e é expulso em jogo do Inter

O clima no Internacional é propício para perder o controle. E foi exatamente o que aconteceu com o técnico Paulo Roberto Falcão, normalmente calmo e ponderado. Aos 35 minutos de jogo, vendo sua equipe perder para o Fluminense, o treinador gesticulou em direção ao auxiliar Bruno Boschillia reclamando duas faltas no mesmo lance. Fez tanto que foi expulso pelo árbitro Rafael Tarci. E seguiu no mesmo tom. 

Falcão ergueu os braços e foi em direção ao bandeira. Apontou, com as mãos, e discutiu com o auxiliar. Ele, prontamente, avisou o árbitro, que nem pensou duas vezes tratou de expulsar Falcão. 

O comandante 'fingiu que não viu'. Deixou o jogo seguir no reservado. Em seguida, o juiz parou a partida afirmando que só seguiria após Falcão ser retirado. O quarto árbitro foi até ele e Falcão seguiu gesticulando, apontando para si e dizendo: "eu que mando aqui", referindo-se ao Beira-Rio, onde se consagrou jogador. 

Após longos minutos, saiu do campo e deixou o ex-goleiro André Doring comando a equipe. De fora, Falcão não conseguiu ver o gol de empate do Colorado, de Seijas, nos acréscimos do primeiro tempo. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos