Hoje referência, Robinho deixou o Cruzeiro por não ter passaporte em 2006

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press

    Robinho já esteve no Cruzeiro em 2006. Contudo, só se firmou 10 anos mais tarde

    Robinho já esteve no Cruzeiro em 2006. Contudo, só se firmou 10 anos mais tarde

Robinho é titular absoluto do Cruzeiro, independentemente do técnico que está no comando. A atual condição do meio-campista, porém, contrasta com uma situação vivida em 2006. À época, por não ter passaporte, o jogador acabou dispensado do clube.

Depois de se destacar pelo Democrata/SL, o atleta de 18 anos foi levado à Toca da Raposa pelo ex-zagueiro João Carlos. A passagem por Belo Horizonte, no entanto, durou somente uma semana.

Embora impressionasse no time de Sete Lagoas, Robinho teve um problema para permanecer treinando entre os juniores do Cruzeiro. Como não possuía passaporte, o jogador foi impedido de viajar à Alemanha, onde os companheiros de equipe disputaram um torneio.

A ausência do documento fez com que ele treinasse entre os juvenis (uma categoria inferior). O período com os jogadores mais jovens não foi o suficiente para agradar à comissão técnica das categorias de base. O meio-campista, portanto, acabou dispensado.

A história é praticamente esquecida por Robinho. Como a passagem pela Toca da Raposa foi muito breve, o atleta não se lembra com muito saudosismo.

"Foi muito rápido. Não durou nem uma semana. Eu joguei pelo Democrata de Sete Lagoas e, na ocasião, o João Carlos, zagueiro, que jogou pela seleção, pelo Cruzeiro, pelo Corinthians, acabou me arrumando para fazer um teste aqui", disse ao UOL Esporte.

"Os juniores tinham ido para a Alemanha. Eu não tinha passaporte, não pude ir. Então, eu acabei treinando com o juvenil e ele optou por me dispensar. Foi uma passagem muito rápida. Então, acabei apagando da minha memória. Não foi legal, deixei para trás", acrescentou.

Hoje titular absoluto da equipe comandada por Mano Menezes, Robinho certamente não teria problemas em permanecer pela ausência de um documento. Nesta segunda-feira (8), o jogador, inclusive, deve ser titular diante do Corinthians, em partida válida pela 19ª rodada do Brasileirão, no Pacaembu.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos