Torcedores do Inter protestam contra direção: "Se cair, tu vais morrer"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Torcedores do Inter reclamam no Beira-Rio após 11º jogo sem vitória

    Torcedores do Inter reclamam no Beira-Rio após 11º jogo sem vitória

A torcida do Inter apoiou antes e durante todo jogo. Mas não suportou o 11º jogo sem vitória. Depois do 2 a 2 contra o Fluminense, neste domingo (07), protestaram contra a direção. O principal alvo foi o presidente Vitório Píffero. 

"Se nós cair (sic), tu vai morrer", era o principal grito dos aficionados, que empunhavam uma faixa com o dizer: "Fora Píffero". "Entrega a gestão", "Pede demissão" e "O Inter não precisa de você", eram demais gritos rimados com palavrões. Não houve quebra-quebra ou violência. 

Incomodados com a presença da imprensa, os aficionados trataram de intimidar câmeras e jornalistas. Alguns chegaram a tentar tirar materiais de profissionais de imprensa para evitar que imagens fossem registradas. A segurança do Beira-Rio não autorizou a entrada dos jornalistas no local protegido por grades e expôs o trabalho aos aficionados. 

Até que a Brigada Militar resolveu intervir. Não precisou usar de violência, mas somente a barreira caminhando em direção aos manifestantes foi suficiente para acabar com o movimento. Aos gritos, eles retiraram-se da saída dos jogadores sem sequer ver a maioria deles. 

O Internacional esteve atrás duas vezes, mas empatou com o Fluminense em 2 a 2 neste domingo. O resultado colocou o Colorado dois pontos distante da zona de rebaixamento. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos