Corinthians testa ataque e busca placar raro em retorno ao Pacaembu

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Vorley/AGIF

No retorno ao Estádio do Pacaembu mais de dois anos depois, o Corinthians precisa de algo que quase não consegue fazer neste Campeonato Brasileiro para voltar à liderança: vencer por três gols de diferença. O desafio está marcado para 21h desta segunda-feira (8), contra o Cruzeiro. Uma vitória por um placar inferior mantém o arquirrival Palmeiras na ponta. 

O jogo é mais um teste para o desafio colocado por Cristóvão Borges para a sua equipe: melhorar o ataque. No Nacional, o time conseguiu o placar elástico em apenas duas ocasiões. Na 3ª rodada, contra a Ponte Preta, em um 3 a 0, e na 13ª rodada, contra Flamengo, em um 4 a 0.

O comandante sabe desta deficiência para a sua equipe e já falou mais de uma vez em suas entrevistas que tem como desafio aumentar o poder de fogo de seus atacantes. Para isso, fez substituições, trocou esquema tático, deu bronca e palavras de incentivo. 

Por enquanto, não adiantou. Com 27 gols, a equipe é a 5ª colocada entre os ataques que mais balançam as redes adversárias. 

Para o jogo contra o Cruzeiro, ele ainda carrega a dúvida sobre a escalação de Marquinhos Gabriel. O jogador tem uma lesão nas costas e saberá na última hora se vai poder entrar em campo. Caso não possa, será substituído por Guilherme. 

Fora de campo, a torcida espera que o ambiente do Pacaembu volte a colaborar com a equipe paulista. Sem jogar no estádio municipal desde 2014, o Corinthians pode dizer que se adaptou à Itaquera, com mais de 80% de aproveitamento. 

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS x CRUZEIRO
Motivo: 19ª rodada, Brasileirão 2016
Data/Hora: 08/08/2016, às 21h
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helcio Araujo Neves (PA)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Guilherme e Giovanni Augusto (Marquinhos Gabriel); Romero e André. Técnico: Cristóvão Borges.

CRUZEIRO: Elisson; Lucas, Manoel, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral, Robinho e Arrascaeta; Rafael Sobis e Ramón Ábila (Willian). Técnico: Mano Menezes.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos