Carlos confirma propostas, mas quer ficar no Atlético e ganhar o Brasileiro

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Carlos quer ficar no Atlético-MG pelo menos até o fim do Campeonato Brasileiro

    Carlos quer ficar no Atlético-MG pelo menos até o fim do Campeonato Brasileiro

Nas últimas semanas o nome de Carlos ganhou noticiário por causa de propostas para deixar o Atlético-MG. Entre as ofertas feitas ao clube mineiro, está uma do Zenit, da Rússia. Carlos confirmou após a vitória sobre a Chapecoense que as conversas estão em andamento. No entanto, o atacante deixou claro que não ciente dos estágios que estão as negociações.

"Meu empresário (Alexandre Gaspar) está tratando isso com o presidente, não sei de nada. Ele me deixou totalmente por fora disso. Estou esperando somente o resultado", revelou Carlos, que deixou claro também o desejo de não sair do Atlético nesta temporada.

"Até falei com o meu empresário que o momento é bom na minha carreira. Hoje, vendo o Atlético, tenho certeza que vamos brigar pelo Campeonato Brasileiro. E tenho confiança que vamos ser campeões brasileiros. Então eu quero ficar aqui até o final do ano", disse o atacante que vai completar 21 anos na próxima semana.

Caso o desejo de Carlos prevaleça, a alternativa para o Atlético fazer caixa seria a possível negociação de Clayton, com a Lazio. Além do lateral esquerdo Douglas Santos, que também segue cobiçado por clubes estrangeiros.

E a partida contra a Chapecoense foi especial para Carlos. Embora tenha entrado apenas nos minutos finais, o atacante completou 100 partidas pela equipe profissional do Atlético. A estreia aconteceu eu agosto de 2013, num empate sem gols contra o Náutico, na Arena Pernambuco. Nas 100 partidas disputadas, Carlos marcou 21 gols e conquistou dois títulos, a Copa do Brasil de 2014 e o Campeonato Mineiro de 2015.

"É bom fazer 100 jogos por um clube como o Galo, ainda mais agora. Estamos pertinho do líder, em busca da liderança. Então sempre é bom".

Nesta temporada, Carlos chegou a 20 jogos. No começo do ano atacante passou por cirurgia no tornozelo direito. Foram cinco gols marcados em 2016, sendo três na Copa Libertadores e dois no Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos