Cristóvão ignora vaia, vê time mal, mas diz: "Ninguém está essa maravilha"

Do UOL, em São Paulo

Cristóvão Borges preferiu não comentar as vaias e os gritos de burro que ouviu no empate por 1 a 1 entre Corinthians e Cruzeiro na noite desta segunda-feira (8). O treinador alvinegro admitiu que sua equipe jogou abaixo do ideal e que a reclamação faz parte da cultura do futebol.

Apesar disso, ele fez questão de destacar que sua equipe ainda luta pelas primeiras colocações do Brasileirão e afirmou que nenhuma equipe está jogando muito melhor que a sua neste campeonato.

"Jogamos abaixo do nosso nível. A torcida vaiar é normal. Mas o Campeonato não tem ninguém jogando uma maravilha, até por isso o Campeonato está assim, equilibrado. Veja a rodada que começou com o Santos como líder e está em 5º. Esse é o Brasileiro", explicou.

"É uma dificuldade de aceitação (da torcida em relação ao trabalho dele). Eu acho normal. Mas estamos brigando lá em cima e o time não está jogando pior em relação ao que jogava quando eu cheguei.

O Corinthians termina a rodada na 3ª colocação e ainda pode ver o Grêmio encostar, já que a equipe gaúcha teve a sua partida contra o Botafogo remarcada. O Palmeiras é líder com dois pontos a mais, um à frente do Atlético-MG, o vice-líder. 

Na próxima rodada, inclusive, os corintianos jogam contra o Grêmio, em Porto Alegre, sem Elias e Yago, suspensos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos