Boa fase faz diretoria do Atlético-MG negociar pacote de jogos no Mineirão

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Diretoria do Atlético-MG planeja levar mais jogos do time para o Mineirão, no segundo turno do Brasileiro

    Diretoria do Atlético-MG planeja levar mais jogos do time para o Mineirão, no segundo turno do Brasileiro

A cada vez que opta por jogar no Mineirão ou é obrigado a atuar no estádio, por força de regulamento ou do contrato para administrar o Independência, o Atlético precisa negociar com os responsáveis pelo Gigante da Pampulha. Foi o que aconteceu nas quatro partidas em que o time alvinegro foi mandante no estádio, em 2016. Antes de escolher o Mineirão como palco dos jogos contra Melgar-PER, América-MG, Corinthians e Botafogo, os dirigentes atleticanos se reuniram com os administradores do estádio e acertaram os detalhes.

Situação que acontece pelo fato de o Atlético não ter um contrato de fidelidade com o Mineirão, como tem o rival Cruzeiro. A cada reunião são discutidos basicamente os mesmos pontos, como negociação dos ingressos da administradora do estádio, custos de operação e aluguel. Com a equipe em boa fase no Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil que se aproxima, a diretoria do Atlético enxerga a possibilidade de fazer mais jogos no Mineirão.

Assim, a diretoria alvinegra tem negociação em curso para fechar um pacote de partidas no Mineirão, como apurou o UOL Esporte. Tudo para não ter de sentar para conversar a cada vez que optar pelo principal palco do futebol mineiro. Embora o Independência tenha custos baixos para o Atlético, o local tem capacidade para pouco mais de 20 mil pessoas, o que limita o poder de arrecadação do clube. Tanto que apesar do investimento feito na montagem da equipe, o Atlético fatura muito pouco com a venda de ingressos. Algo que pode ser diferente no Mineirão. Apesar dos custos elevados para jogar no Gigante da Pampulha, a chance de fazer grandes rendas é maior.

O próximo duelo do Atlético, em Belo Horizonte, é contra o Atlético-PR. Não fosse a utilização do Mineirão para os torneios de futebol dos Jogos Olímpicos, o estádio possivelmente receberia a partida válida pela 21ª rodada do Brasileira. Assim, o primeiro dos jogos que o Atlético negocia para levar para o Mineirão deve ser contra a Ponte Preta, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O primeiro confronto vai ser na capital mineira, dia 24 deste mês.

E é justamente a sequência do Atlético no torneio que vai determinar o número de idas ao Mineirão. O desejo do presidente do clube, Daniel Nepomuceno, é que todos os jogos da Copa do Brasil sejam disputados no Gigante da Pampulha. Portanto, se o time seguir bem dentro de campo, o atleticano pode ter certeza que as idas ao Mineirão não vão ser raras, seja pelo Brasileirão ou Copa do Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos