Lucas Barrios perde chance de, enfim, conquistar espaço com Cuca

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Barrios se machucou e perdeu a chance de, enfim, embalar sobre o comando de Cuca

    Barrios se machucou e perdeu a chance de, enfim, embalar sobre o comando de Cuca

O ano de 2016 surge como um dos mais duros na carreira de Lucas Barrios. Depois de quase deixar o Palmeiras, após discussão pública com o técnico Cuca, o atacante paraguaio sofreu uma lesão no momento em que poderia, enfim, embalar sob o comando do atual treinador. O problema físico abateu o jogador.

"É um momento complicado. Quem me conhece sabe o tanto que trabalho sério e me dedico, mas, infelizmente, aconteceu", lamentou o atacante paraguaio, imediatamente interessado em acelerar o processo de recuperação.

"No esporte, nós estamos sujeitos a passar por essas situações e não posso perder tempo lamentando. Já comecei o trabalho de recuperação com o departamento de fisioterapia do clube e farei de tudo para voltar o mais rápido possível", acrescentou o atacante.

A primeira previsão do departamento médico corresponde a um mês de ausência para Barrios. O paraguaio, desta forma, não terá a oportunidade esperada de emplacar pelo Palmeiras, aproveitando-se das lesões de companheiros e a ausência da estrela Gabriel Jesus.

Um dos jogadores mais valorizados do elenco, Lucas Barrios foi titular apenas na estreia do Campeonato Brasileiro com Cuca. Desde a primeira rodada, o paraguaio recebeu apenas mais cinco chances.

Em meio a este período, uma discussão pública quase levou Barrios a deixar o clube de Palestra Itália. O Palmeiras chegou até a pedir à Crefisa, responsável pela contratação, a procurar um novo destino ao atacante. Passadas semanas, nenhuma equipe surgiu com propostas.

Sem alternativas, Barrios precisou esperar a recuperação física plena de um problema muscular na panturrilha direita. Contra o Vitória, Leandro Pereira se machucou logo no início, e o paraguaio recebeu os minutos que cobrava e precisava.

Em campo, ele correspondeu ao anotar o primeiro gol da vitória por 2 a 1 sobre os baianos. No entanto, minutos depois – mais precisamente no segundo tempo -, Barrios sentiu dores no adutor da coxa e deve ficar por até quatro semanas afastado dos gramados.

Sem a lesão, Barrios inevitavelmente receberia uma chance. Jesus se encontra com a seleção olímpica; Leandro Pereira também está vetado para domingo, enquanto Alecsandro recebeu uma suspensão dura de dois anos do TJD-SP (Tribunal de Justiça Desportiva) pelo uso de agentes anabólicos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos