Cartões tiram Guerrero e Arão e esvaziam estreia de Diego pelo Fla

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

A badalada estreia de Diego pelo Flamengo sofreu dois duros golpes na derrota para o Sport por 1 a 0. Jogadores fundamentais para o Rubro-negro, o volante Willian Arão e o atacante Paolo Guerrero receberam o terceiro cartão amarelo e estão fora do compromisso contra o Grêmio, domingo (21), às 11h (de Brasília), no Mané Garrincha. 

Arão foi punido após parar um contra-ataque aos 12min do segundo tempo, enquanto Guerrero reclamou de falta não marcada nos acréscimos e mais uma vez desfalcará o Flamengo nessas circunstâncias.

Os dois são imprescindíveis no esquema adotado pelo técnico Zé Ricardo. Willian Arão é chamado de "motor" do time e jogou todas as partidas até então. Guerrero funciona como a referência ofensiva. A expectativa era a de que Diego entrasse em uma equipe sem desfalques para que a estreia fosse facilitada diante dos gaúchos.

As duas baixas foram sentidas pela comissão técnica. O Flamengo enfrentará um dos concorrentes pelas primeiras posições após um resultado ruim e sem dois nomes que integram a base da equipe.

"A perspectiva é positiva para a estreia do Diego. Se tudo der certo, ele será incluído na relação do jogo contra o Grêmio. Não contamos com dois jogadores importantes e será preciso estudar bastante as mudanças. É impossível dizer ainda se o Diego começará jogando ou como opção. Temos uma semana para trabalhar tudo isso", explicou o técnico Zé Ricardo.

A tendência é a de que Leandro Damião, que estreou contra o Sport, seja o substituto do camisa 9. O jovem Felipe Vizeu também é uma possibilidade. Já o colombiano Cuéllar é o principal candidato a ocupar a vaga deixada por Arão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos