Saída de Ricardo Gomes e mal estar: SP x Botafogo já começou há uma semana

Do UOL, em São Paulo

  • Vitor Silva/SSPress/Botafogo

    O técnico Ricardo Gomes, do Botafogo

    O técnico Ricardo Gomes, do Botafogo

A partida entre São Paulo e Botafogo neste domingo tinha tudo para ser apenas mais uma rodada do Campeonato Brasileiro. Ao longo da semana, entretanto, tudo mudou: o clube paulista contratou Ricardo Gomes, técnico do alvinegro, fato que gerou mal estar e esquentou o clima para o confronto do Morumbi.

O interesse são-paulino em Ricardo começou já no início da semana; o primeiro passo foi uma consulta ao treinador, que não descartou a possibilidade da mudança. A diretoria botafoguense, quando soube da sondagem ficou revoltada.

A primeira reação do alvinegro foi procurar caminhos para dificultar a saída de seu comandante. Em contato com o UOL Esporte, pessoas ligadas à diretoria afirmaram categoricamente que não iriam facilitar a liberação, exigindo compensação financeira.

O problema, entretanto, foi a falta de instrumentos do Botafogo para fazer valer essa vontade: uma multa de R$ 1 milhão que chegou a ser discutida não foi colocada em contrato. Com isso, Ricardo Gomes teria liberdade para mudar de ares.

Seduzido pela oferta são-paulina, Gomes deu resposta positiva na sexta-feira. No sábado já foi anunciado oficialmente e deixou o Botafogo sem treinador para o domingo.

Na zona do rebaixamento com 20 pontos, o clube carioca contará com Jair Ventura, ex-auxiliar e filho do histórico craque Jairzinho para comandar a equipe. "É um momento delicado para o clube, mas tenho muita confiança no grupo que está vindo, no trabalho e no Conselho Diretor. Tenho certeza que vamos subir no campeonato e ir bem na Copa do Brasil", diz o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira.

Apesar de ter sido o personagem da semana em São Paulo e Botafogo, Ricardo Gomes não vai participar do confronto. O São Paulo será comandado, pela última vez, pelo interino André Jardine, que deve manter a base utilizada na vitória sobre o Santa Cruz.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X BOTAFOGO

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 14 de agosto de 2016 (Domingo) 
Horário: 16h15(de Brasília) 
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN) 
Assistentes: Flavio Gomes Barroca (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)

SÃO PAULO: Denis, Julio Buffarini, Maicon, Lyanco e Eugenio Mena; João Schmidt, Hudson (Wesley), Thiago Mendes e Christian Cueva; Kelvin e Andrés Chavez
Técnico: André Jardine

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Santos e Diogo Barbosa; Aírton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Camilo; Neilton e Gustavo Canales
Técnico: Jair Ventura

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos