Em 2016, Cruzeiro já passou mais tempo no Z-4 que nas últimas 13 temporadas

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro

    Equipe busca reação, mas início ruim no Brasileiro gera recorde negativo de rodadas no Z-4

    Equipe busca reação, mas início ruim no Brasileiro gera recorde negativo de rodadas no Z-4

No início do returno, Mano Menezes chamou a atenção para a necessidade de conquistar pontos contra seus adversários diretos na luta contra o rebaixamento. Contra o Coritiba, o objetivo não foi completamente alcançado, já que a equipe saiu na frente, mas terminou o jogo com a igualdade por 2 a 2. O resultado, além de manter a equipe no Z-4, determinou uma marca negativa para o Cruzeiro. Apesar da reação e desempenhos mais convincentes com o novo treinador, o primeiro turno ruim de 2016 já rendeu ao clube mais tempo na degola do que em todas as outras edições dos pontos corridos juntas.

Somadas todas as 13 edições anteriores do Brasileirão, ou seja, desde que o campeonato passou a ser disputado no sistema de pontos corridos, o Cruzeiro nunca frequentou tanto tempo entre os quatro últimos da tabela. De 2003 até 2015, o Cruzeiro passou onze rodadas no total: duas em 2007, uma em 2009, quatro em 2011 e quatro em 2015. Nos anos de 2003, 2004, 2005, 2006, 2008, 2012, 2013 e 2014, a equipe não ficou sequer uma rodada no Z-4.

Neste último final de semana, um eventual triunfo no Independência levaria o time mineiro pelo menos ao 16º lugar. Porem, com o empate, a equipe amargou sua 12ª rodada na zona de rebaixamento. O lado positivo e que dá esperanças ao torcedor é a melhora de rendimento com Mano Menezes, além de novos confrontos contra adversários diretos.

"Fica um sabor frustrante, pois essas são as boas oportunidades que embalam a equipe e dão aumento de confiança. Mas vamos fazer essa saída logo. Não fizemos uma partida tão equilibrada por erros de posicionamento. Porém, na hora em que diminuirmos a quantidade de gols sofridos e assegurarmos os resultados, nós vamos conseguir sair dessa situação", comentou Mano, assegurando que a presença no Z-4 é apenas questão de tempo.

No próximo domingo, o Cruzeiro vai a Santa Catarina visitar o Figueirense. Na tabela de classificação, apenas um ponto separa as equipes, o que aumenta o ar de jogo de seis pontos. Se vencer, a equipe mineira tem boas chances de sair da degola e continuar a reação no Brasileiro. Até o momento, Mano já comandou a equipe em quatro oportunidades, vencendo uma, empatando duas e saindo derrotado em uma ocasião.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos