Ídolos do passado dão receita e cravam: "Inter não vai ser rebaixado"

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Antonio Gauderio / Folhapress

    Jogadores do Internacional antes de final da Libertadores contra o São Paulo em 2006

    Jogadores do Internacional antes de final da Libertadores contra o São Paulo em 2006

A zona mista que antecedeu o jogo festivo do Internacional em comemoração aos 10 da conquista da Libertadores de 2006 foi um desfile de ídolos. E o clima festivo contrasta com a difícil situação pela qual o time passa atualmente. Um ponto distante da zona de rebaixamento, o Colorado sofre com ameaça de queda. Mas segundo ídolos do passado, isso não vai acontecer. 

"Agora o Inter vai sofrer um pouquinho. É difícil. É uma competição muito nivelada e tem clubes brigando por título ou fugir do rebaixamento. O Inter tem um bom elenco, não vai rebaixar", atestou o zagueiro Fabiano Eller.
 
Com o terceiro técnico na temporada, o Internacional está rompendo marcas históricas negativamente. São 12 jogos sem vitória e uma aproximação perigosa dos quatro que estão na linha de rebaixamento. Sendo que o Figueirense ainda tem um jogo a menos que o Colorado. 
 
"O Inter tem um elenco de qualidade e não acredito que será rebaixado. É difícil opinar, não trabalho no Inter nem vivo o vestiário. Mas acredito pela força do clube, da torcida, do elenco. O Inter é muito grande", completou Paulo César Tinga. 
 
E a receita para evitar a queda é muito trabalho e poucas palavras. Além de união nos momentos mais complicados. 
 
"Acho que falta um pouco de confiança e o futebol é um pouco de cabeça. Tem que ter tranquilidade e o momento não é nada tranquilo. Tem muitos jogadores jovens, já passei por isso, não tinha experiência para falar e passar coisas que se viveu. Tem que jogar muito, falar pouco, porque não adianta ficar falando. Mas o Inter tem um bom time e vai sair dessa situação. Os experientes, também, precisam passar confiança para os mais novos. E com certeza o Inter não vai cair", acrescentou Eller. "Tem que continuar trabalhando e se ajudando. Se passa pelos momentos difíceis com o trabalho. O Inter é muito grande, é claro que vai sair. Já passei por momentos assim no Inter e o grupo tem que se unir, que nós estaremos na torcida. Os atletas têm qualidade e certamente sairão dessa situação", disse o zagueiro Índio. 
 
Na mesma linha, jogadores de outras épocas concordaram que o Internacional não vai ser rebaixado no Brasileiro. 
 
"Não vai acontecer. O Inter é muito forte, a torcida vai ajudar. O momento é complicado, sabemos como é difícil, mas o Inter não vai cair", disse o ex-volante Magrão. "Nenhuma chance, será difícil, mas o Internacional vai evitar", completou o ex-atacante Fabiano. "Precisará de trabalho, de muita união, mas o elenco é qualificado para evitar isso. É complicado dizer algo no futebol. Nós vamos é torcer muito", finalizou o ex-centroavante Christian. 
 
Abel Braga, que comandou o Internacional em 2014, concordou com os antigos comandados ou ídolos vermelhos. Disse que acredita no trabalho de Celso Roth para recuperar o elenco. "O Celso vai dar jeito e os jogadores vão se superar. Não vai acontecer nada de ruim com o Inter. O time só precisa de uma vitória. Uma vitória e todo mundo vai se soltar", explicou. 
 
O próximo compromisso do Internacional será contra o São Paulo, exatamente o adversário batido há 10 anos na conquista da primeira Libertadores pelo Colorado. 
 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos