Em alta no Grêmio, Wallace revê Flamengo após relação tumultuada

Jeremias Wernek e Vinicius Castro

Do UOL, em Porto Alegre e no Rio de Janeiro

  • Marinho Saldanha/UOL

    O zagueiro Wallace reencontra o Flamengo e uma torcida que promete pegar em seu pé

    O zagueiro Wallace reencontra o Flamengo e uma torcida que promete pegar em seu pé

Além da estreia de Diego após 12 anos na Europa, o confronto entre Flamengo e Grêmio, domingo (21), às 11h (de Brasília), no Mané Garrincha, marca o reencontro entre o zagueiro Wallace e o clube carioca. Os dois encerraram uma relação tumultuada há cerca de três meses.

O agora defensor do Tricolor gaúcho será o principal alvo da torcida rubro-negra em Brasília. Mesmo com alguns bons momentos, Wallace jamais gozou de prestígio absoluto e a forma como deixou a Gávea só piorou o relacionamento com os torcedores insatisfeitos.

Já visto como o vilão do time, ele protagonizou uma entrada em campo polêmica no duelo decisivo contra o Vasco pelo Campeonato Carioca. Wallace puxou a fila de jogadores e fincou a bandeira do clube no centro do gramado. Os tradicionais mascotes foram esquecidos e os ataques se voltaram contra o zagueiro, embora não tenha sido dele a ideia de fugir ao protocolo.

A relação piorou bastante depois do fatídico episódio. Até que Wallace pediu para deixar o clube ainda na concentração para a estreia no Campeonato Brasileiro. O Flamengo foi pego de surpresa com a iniciativa e até tentou dificultar o negócio pela postura do zagueiro. O Grêmio pagou em torno de R$ 3,2 milhões ao Rubro-negro e levou o contestado defensor.

Em Porto Alegre, Wallace aparentemente mudou. Já de cara, virou Wallace Reis para não ser confundido com os xarás do elenco: o lateral direito Wallace Oliveira e o volante Wallace. Desde que chegou, jogou oito partidas e no último mês atingiu o status de titular absoluto.

As atuações e principalmente as estatísticas referendam o zagueiro. Após o seu retorno de lesão, o Grêmio jogou quatro partidas e não levou gols. Venceu São Paulo e Corinthians e empatou por 0 a 0 com América-MG e Santa Cruz.

A dupla formada com Geromel ajudou o time de Roger Machado a superar um problema crônico: a bola aérea.

"As características dele e do Pedro casaram rapidamente. Ele veio com outro tipo de vivência dentro das questões táticas, mas se adaptou muito rápido. Tem feito partidas em alto nível", elogiou o treinador do Grêmio.

Depois de 177 jogos, dois títulos - Copa do Brasil 2013 e Campeonato Carioca 2014 - e muitas polêmicas, Wallace revê o ex-clube em um momento de festa por Diego. Mas o zagueiro não será esquecido pela torcida rubro-negra durante os 90 minutos. O reencontro promete ser barulhento e incômodo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos