Após estreia, Gomes admite jogo feio e diz que SP precisa melhorar

Do UOL, em São Paulo

Na estreia de Ricardo Gomes, o São Paulo conseguiu um empate fora de casa com o Internacional, mas a atuação do time deixou a desejar. O diagnóstico é do próprio Gomes, que viu sua equipe sair na frente com um gol de pênalti, mas produzindo muito pouco ofensivamente e passando por um triz de sofrer a virada no Beira-Rio.

"Com pouco tempo de trabalho, não vou encontrar esse rendimento na frente. É um cenário diferente, o Inter queria ganhar a qualquer custo, são 12 jogos sem vencer. O jogo não foi bonito. Eles tinham essa premissa de ganhar na raça e quase conseguiram. Não tivemos transição de meio e ataque, não tivemos oportunidade de criação, criamos muito pouco. Tivemos pouca posse de bola e espero, de alguma forma, trazer aquele São Paulo da Libertadores, esse nível tem que voltar", afirmou.

Gomes reconheceu que a troca de comando pode ter afetado o rendimento do time, mas, mesmo assim, deixou claro que espera mais do elenco.

"Eles estiveram com dois treinadores e é claro que, quando se muda o comando, o jogador fica na dúvida. É uma fase de transição. Mas, mesmo assim, eu esperava mais do nosso time".

Após o primeiro jogo à frente do São Paulo, o técnico não quis traçar previsão sobre uma entrada ou mesmo aproximação do G4, e apenas disse que acredita que a equipe terminará a competição brigando na parte de cima da tabela.

"Eu já tinha falado na minha apresentação que em 15 ou 20 dias a gente saberia em qual setor a gente iria brigar. Não dá (para definir agora). Eu acho que a gente vai brigar lá na frente".

O São Paulo agora volta a campo na quarta-feira, quando encara o Juventude, pela Copa do Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos