Aproveitamento mostra que Grêmio 'suporta' perder dupla na mira de europeus

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Luan e Walace estão na mira de clubes de fora do país. Grêmio foi bem sem eles

    Luan e Walace estão na mira de clubes de fora do país. Grêmio foi bem sem eles

O último jogo sem Luan e Walace para o Grêmio será disputado neste domingo. A dupla que defende a seleção olímpica não chegará a tempo de entrar em campo contra o Flamengo, em Brasília. E sem eles, o rendimento gremista mostrou que é possível suportar tais baixas. Uma boa notícia, ainda mais com a pressão do mercado por ambos. 

O último compromisso de Luan foi diante do Sport, na vitória por 4 a 2. Suspenso, Walace ficou fora. O compromisso em Pernambuco, porém, simbolizou a saída deles para a disputa dos Jogos Olímpicos. 
 
Enquanto estiveram fora - tornando-se titulares da seleção - eles viram o Tricolor empatar jogos que considerava 'vencíveis' contra Santa Cruz e América-MG. Mas superar adversários complicados como Corinthians e São Paulo. Ao todo, quatro jogo, duas vitórias, dois empates, quatro gols marcados, nenhum sofrido, aproveitamento de 66,6%. Melhor do que o do líder Palmeiras, por exemplo. 
 
Miller Bolaños entrou no lugar de Luan e Jaílson foi o substituto de Walace no time. No ataque, o equatoriano teve rendimento regular e marcou no último jogo, contra o Corinthians. Já no meio-campo defensivo, o mais jovem conquistou a torcida e a comissão técnica com muito empenho e boas chegadas no ataque. Está, porém, suspenso do próximo jogo. Ramiro é quem joga. 
 
Sustentar-se sem Walace e Luan significa preocupar-se um pouco menos com a investida de clubes da Europa por ambos. Luan é alvo do Barcelona, que ainda não apresentou proposta oficial por ele. O agente do atacante, contudo, garante que a oferta será entregue e até pode vir de outros mercados, como Inglaterra, Alemanha e Itália. 
 
Já em relação a Walace, o Grêmio rejeitou menos de 10 milhões de euros oferecidos pelo Espanyol, rival local do Barcelona na Espanha. O Hamburgo está acompanhando de perto o jogador e promete fazer proposta melhor por ele. Enquanto isso, o presidente gremista, Romildo Bolzan Júnior, subiu o preço por ele. Agora, quer ao menos 12 milhões de euros (R$ 43,6 milhões). 
 

Convocação de Tite preocupa

Ao mesmo tempo que espera receber seus jogadores depois da Olimpíada, o Grêmio teme a convocação da seleção principal. Tite pode chamar até quatro jogadores da equipe azul, branca e preta. Além de Walace e Luan, Pedro Geromel e Marcelo Grohe estão cotados. 
 
Sem se 'preocupar por antecedência', Roger Machado valoriza os que entram no time e mantém o discurso de não lamentar qualquer ausência. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos