"Não adianta p...nenhuma reclamar na CBF", diz presidente do Atlético-PR

Do UOL, em São Paulo

O presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed, soltou o verbo após a derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, no Independência, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo (21).

Para o cartola, o árbitro Braulio da Silva Machado (SC) prejudicou o time paranaense ao marcar um pênalti para os mandantes e não assinalar uma falta dentro da área para os visitantes.

"É uma coisa vergonhosa. Os meninos jogaram bem. Se dá um de um lado, tem que dar do outro. O cara do Atlético-MG pegou a bola. Não adianta porra nenhuma fazer representação contra a arbitragem na CBF. Vai ficar um papel só lá. A gente faz e o que acontece? Não adianta porra nenhuma. Posso até ser punido, que eu seja", esbravejou à Rádio Banda B depois da partida. 

Depois, mais calmo, Sallim Emed comentou uma declaração do técnico Paulo Autuori. Em entrevista coletiva, o treinador disse que "tem vontade de sair do Brasil" por causa da conjuntura do futebol brasileiro. Autuori afirmou que as pessoas da imprensa "falam besteiras" e que os árbitros fazem o que querem em campo. 

"Ouvir isso [declaração do Autuori] é muito grave. Sempre administrei conflitos, o que está acontecendo é inaceitável. Preste atenção no que vai acontecer com o Atlético-PR depois de tudo o que estamos falando. O futebol brasileiro tem que ter esta alegria como foi a da medalha de ouro ontem, mas isto não basta. Temos que mudar toda a estrutura, não é só reclamar de pênalti. Todo mundo sabe o caminho. Estou há seis meses no Atlético-PR e já vejo o quanto é difícil". 

Jogadores também reclamam de arbitragem

Alguns atletas do Atlético-PR também reclamaram muito da arbitragem. O zagueiro Marcão, por exemplo, também disse que houve um pênalti para a equipe paranaense e que a infração marcada para o Atlético-MG não houve: "Fomos prejudicados. Não foi pênalti para eles e houve um toque na mão para nós", declarou.

O atacante André Lima foi outro jogador que criticou a arbitragem de Braulio da Silva Machado: "No lance dentro da área deles, a trajetória da bola foi cortada com o braço. Mas a equipe está de parabéns. Mostramos que podemos ganhar de qualquer um", finalizou. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos