Roger reconhece superioridade do Flamengo e diz que derrota não muda planos

Do UOL, em Porto Alegre

A derrota para o Flamengo tirou o Grêmio do G-4 do Brasileiro na arrancada do segundo turno da competição. Mas a saída, segundo o técnico Roger Machado, em nada muda o planejamento do time. O comandante reconheceu a superioridade do Fla na partida que terminou 2 a 1. 

"Tivemos um primeiro tempo irregular, o Flamengo mereceu a vitória pelo primeiro tempo, nos empurrou no começo do campo e gerou dificuldade nos lados. Além de se reorganizar no rebote. Em alguns momentos de lucidez, principalmente depois do gol, colocamos a bola no chão. No segundo tempo, precisava fechar o lado do campo, o Wallace (Oliveira) não fez um bom jogo, entrou o Ramiro ali e dois articuladores dentro do campo do Flamengo. Melhoramos, mas em um erro de conceito, uma tentativa de giro, demos o contra-ataque. Sabíamos que a marcação era justa do Flamengo, mas de toda forma foi um resultado ruim dentro do campeonato, mas sabemos da dificuldade de enfrentar o Flamengo", explicou. 
Com 35 pontos, o Grêmio aposta em retorno ao G-4, também, porque tem um jogo atrasado a ser realizado. O duelo com o Botafogo está marcado para 4 de setembro. Desta forma, não mudará em nada o planejamento gaúcho. 
 
"Não afeta nosso planejamento. Tem seis ou sete times que brigam pelo título. Saímos do G-4, vamos brigar para voltar. Ninguém é campeão em agosto. O ideal é estar bem próximo da liderança para lá no último momento fazer os pontos que lhe permita ser campeão", comentou. 
 
O Grêmio terá, na quarta-feira, sua estreia na Copa do Brasil. No próximo final de semana encara o Atlético-MG, pelo Brasileirão. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos