Goleiro do Inter revela pedidos de Roth e estratégia contra desespero

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeremias Wernek/UOL

    Danilo Fernandes contou planos do Inter para sair de série sem vitórias

    Danilo Fernandes contou planos do Inter para sair de série sem vitórias

O Internacional de Celso Roth tem um cuidado defensivo maior e com período específico do jogo para ficar de olhos bem abertos. Nesta terça-feira (23), Danilo Fernandes revelou dois pedidos do treinador ao elenco. De acordo com o goleiro, a meta é não ser vazado nos cinco minutos iniciais de qualquer jogo e também sustentar a solidez no final das partidas.

"O professor fala muito nos cinco minutos do começo e nos últimos cinco, não podemos levar gol. Se leva um gol ali, no começo, muda tudo. Tudo que foi pensado. E o gol no final faz o time entrar em desespero", contou Danilo Fernandes.

Além da atenção especial aos 10 minutos, divididos entre início e fim, o Inter tem outra diretriz: não entrar em desespero se for vazado.

"Não podemos nos desorganizar. Se acontecer o gol, manter o planejado. Gol é do futebol, acontece. Temos a cabeça no lugar e seguir o que foi pensado", comentou o goleiro.

Sucessor de Paulo Roberto Falcão, Celso Roth já comandou o Inter contra Chapecoense e São Paulo. Na estreia, viu a regra não ser seguida. O Colorado levou o gol da derrota aos 45 minutos do segundo tempo. Diante do São Paulo, o time saiu atrás e conseguiu buscar o empate. Teve a chance da virada no último minuto, mas Valdívia perdeu pênalti.

Sem vencer há 13 jogos, o Internacional é 15º colocado. Empatado em pontos com Cruzeiro e Vitória, o time gaúcho precisa ganhar do Sport para evitar entrada na zona do rebaixamento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos