Atlético precisa recolocar o pé na forma e volta de Fred pode ser a solução

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético

    Fred volta ao time e vira esperança no ataque

    Fred volta ao time e vira esperança no ataque

Após dois jogos e quase 15 dias apenas de treinamentos, o atacante Fred está de volta ao time do Atlético-MG. Referência no ataque, o centroavante retorna à equipe principal em um momento importante. Será neste domingo contra o Grêmio, adversário direto pelo título do Brasileirão, que o camisa 99 terá a função de colocar a bola nas redes e ajudar o clube a recolocar o pé na forma.

Nas duas últimas partidas, o jogador ficou de fora por motivos diferentes. Contra o Atlético-PR, pelo Brasileiro, o camisa 99 estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Já na última quarta, pela Copa do Brasil, contra a Ponte, Fred ficou impedido de jogar porque já havia atuado no torneio com a camisa do Fluminense.

Mas não é só de gols que vive o atacante. Apesar dos sete tentos que o deixam na segunda colocação entre os artilheiros do Atlético-MG no Brasileiro, Fred também contribui na elaboração das jogadas. Quando não é para balançar as redes, faz o serviço de garçom. Ao lado de Robinho, o atacante é o líder de assistências do Galo, com quatro passes para gols da equipe. Além disso, o atacante ainda colabora na disputa das jogadas, cansando os oponentes e podendo ser fatal em qualquer bobeira adversária.

"Acho que o Fred acrescenta na preocupação do adversário, no poder de conclusão. Isso vinha dando certo com o Pratto rodando um pouco mais. Agora vamos aguardar a volta dele para formar um time com os dois novamente ou até fazendo uma opção por um ou outro. A sequência de jogos de alguns atletas preocupa, mas vamos administrando para buscar as melhores opções", comentou o técnico Marcelo Oliveira, dando indícios de que poderá reeditar a dupla de atacantes.

Apesar de ter o terceiro melhor ataque do Brasileiro, com 34 gols, o setor ofensivo do Galo deixou a desejar recentemente. A última vitória expressiva aconteceu no início do mês contra a Chapecoense (3 a 1). Depois de passar em branco contra o Santos, a equipe sofreu para vencer o Atlético-PR pela vantagem mínima. No meio de semana, o confronto foi pela Copa do Brasil, mas a pontaria também não esteve boa e o clube não passou de um empate por 1 a 1 contra a Ponte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos