Grêmio domina, mas Robinho faz Atlético-MG arrancar empate no fim

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

A vitória do Grêmio parecia tão óbvia que não se confirmou. Neste domingo (28), o time gaúcho ficou no 1 a 1 com o Atlético-MG. Robinho, que iniciou o jogo da 22ª rodada do Brasileirão no banco, arrancou o empate cinco minutos antes do fim. Luan, no início do segundo tempo, fez para os donos da casa.

O empate na Arena do Grêmio surpreende pelo volume do time da casa durante quase todo o confronto. Quando Luan marcou, no começo do segundo tempo, o registro era de 20 finalizações contra nenhuma do Galo.

Com o resultado, o Galo vai aos 39 pontos e fica com a terceira posição na tabela. O Grêmio soma 36 pontos, sendo o sexto na classificação.

Na próxima rodada, o Atlético-MG recebe o Vitória, às 19h30 (Brasília). O jogo em Belo Horizonte está marcado para 7 de setembro.

Já o Grêmio tem a partida atrasada diante do Botafogo, atualmente agendada para 4 de setembro. O time gaúcho, contudo, já entrou em contato com a CBF pedindo novo adiamento do duelo válido pela 19ª rodada - por conta das convocações de Marcelo Grohe, Pedro Geromel e Miller Bolaños.

Robinho e Luan, os carrascos

Robinho começou o jogo no banco, entrou na metade do segundo tempo e não aliviou. Marcou pouco antes do fim, mas desde que esteve em campo levou o Galo para mais perto da área do Grêmio. Já Luan fez o quinto gol em seis jogos contra o Atlético-MG. Sem tanto brilho como em outras partidas, o camisa 7 do tricolor contou com desvio de Ronaldo para encobrir o goleiro Uilson.

Grêmio domina e paga caro no final

 

Com volume, mas sem profundidade. Dono do jogo de cima abaixo, o Grêmio precisou finalizar 20 vezes para marcar. Luan fez no começo do segundo tempo o que parecia iminente desde o começo. Com marcação alta e aproximação, o time gaúcho engoliu o Galo. Em vantagem, os donos da casa não pararam. Continuaram a criar chances e se aproveitaram os novos espaços para chegar perto de outro gol. A atuação segura terminou aos 40, quando Robinho ficou livre dentro da área para escorar passe rasteiro, em profundidade.

Atlético-MG abriu mão de jogar por quase 1h

O Atlético-MG conseguiu passar 45 minutos sem dar um chute sequer a gol. Fruto de uma postura extremamente defensiva e formação cheia de jogadores de marcação. Sem criatividade e condições de ligar o resto do time com a dupla Pratto e Fred. Depois de ver Luan marcar, confirmando a superioridade do Grêmio, o Galo reagiu e tentou entrar no duelo. Maicosuel foi a válvula de escape em todas as fases do time no jogo. Robinho, perto do fim, foi efetivo e empatou.

Roger adota o 'menos é mais'

Com Maicon de volta, Ramiro foi para o banco e Roger manteve a estrutura do time que jogou e foi bem contra o Atlético-PR pela Copa do Brasil. O meio-campo em losango, com Douglas adiantado entre Bolaños e Luan. A simplificação foi a melhor medida. Menos foi mais.

Marcelo Oliveira poupa Robinho e Douglas Santos

Marcelo Oliveira surpreendeu ao escalar Lucas Pratto e deixar Robinho no banco. O treinador usou como justificativa a sequência do camisa 7 – que jogou contra Atlético-PR e Ponte Preta. Além dele, Douglas Santos também foi preservado. O 4-3-2-1 fez o Galo ser para lá de defensivo. Tanto que no segundo tempo, Douglas Santos e Robinho foram para o jogo.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 1 ATLÉTICO-MG

Data e hora: 28/08/2016 (domingo), às 16h (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 32.963 pessoas (30.331 pagantes)
Renda: R$1.111.535,00
Árbitro: Claudio Francisco Lima (SE)
Assistentes: Ailton Farias da Silva (SE) e Daniel Vidal Pimentel (SE)
Cartões amarelos: Wallace Reis, Walace, Bolaños (GRE); Lucas Cândido, Leonardo Silva, Fred, Rafael Carioca (CAM)
Gols: Luan, aos 7 minutos do segundo tempo (GRE); Robinho, aos 40 minutos do segundo tempo (CAM)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson, Wallace Reis, Kanemann e Marcelo Oliveira; Walace, Jailson (Guilherme), Maicon e Douglas (Ramiro); Luan e Bolaños (Henrique Almeida)
Técnico: Roger Machado

ATLÉTICO-MG: Uilson, Carlos César, Leonardo Silva, Ronaldo e Fábio Santos (Otero); Leandro Donizete, Rafael Carioca, Lucas Cândido (Douglas Santos) e Maicosuel; Lucas Pratto e Fred (Robinho)
Técnico: Marcelo Oliveira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos