CBF rejeita pedido do Grêmio e mantém data de jogo contra o Botafogo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    O técnico Roger Machado, do Grêmio, comandará o time contra o Botafogo, no domingo

    O técnico Roger Machado, do Grêmio, comandará o time contra o Botafogo, no domingo

A CBF rejeitou o pedido do Grêmio de trocar a data da partida contra o Botafogo. Adiado por conta dos Jogos Olímpicos, o confronto acontecerá neste domingo, às 16h (horário de Brasília). 

O Grêmio alegou que haveria um desequilíbrio técnico na partida. Com três jogadores convocados (Geromel e Grohe pelo Brasil e Bolaños pelo Equador), a realização do confronto em uma data-Fifa geraria desfalques que não ocorreriam caso o compromisso tivesse sido disputado no calendário original, durante a Olimpíada. 

Contudo, a CBF não aceitou a solicitação por conta da falta de datas disponíveis. Em contato com a reportagem do UOL Esporte, o diretor de competições da entidade, Manoel Flores, explicou que sobrariam apenas outras datas-Fifa com espaço para jogos o que seria 'trocar seis por meia dúzia', pois o clube gaúcho poderia novamente ter jogadores chamados. 

Mesmo antes da oficialização da CBF, o Grêmio já tinha o entendimento que dificilmente seria atendido. A troca de data precisaria necessariamente passar pelo Botafogo, que não estava disposto a aceitar. 

Desta forma, a única troca no calendário é o horário do confronto. Em vez das 18h30, o jogo será disputado às 16h (horário de Brasília). 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos