Inter perde cinco pontos com gols no fim e abre luta contra 'monstro'

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional não vence há 14 jogos, mas nas últimas três partidas encontrou um jeito novo de sofrer. Cedendo empate ao Sport nos minutos finais do jogo da 22ª rodada, o Colorado chegou a cinco pontos perdidos no último giro do ponteiro. A conta é só mais uma que faz parte do cenário onde o time gaúcho afunda sem parar.

Com 24 pontos, o Inter entrou na zona do rebaixamento após ser ultrapassado por Cruzeiro e Vitória.

Celso Roth chamou de síndrome, Ernando preferiu termos como 'pesadelo' e 'monstro'. O fato é que: diante de Chapecoense, São Paulo e Sport o Inter viu tudo mudar perto do apito final.

Em Chapecó, o Colorado tinha um ponto até Martinuccio marcar aos 45 minutos. No Beira-Rio, Valdívia chutou para fora o pênalti que transformaria o empate em vitória. E na Arena Pernambuco, Vinicius Araújo reduziu os três pontos a um.

No exercício de imaginação, com os cinco pontos perdidos no final dos jogos recentes o Inter estaria na 11ª colocação.

"Não podemos criar um monstro sobre final de partida, por levar gol de empate ou da derrota. Não podemos deixar isso brotar no grupo", comentou o zagueiro Ernando. "Tecnicamente temos que estar bem para o emocional estabilizar. Os jogadores sabem disso", acrescentou Celso Roth.

Na próxima quarta-feira, o Internacional volta a campo. Mas aí, pela Copa do Brasil. O time gaúcho recebe o Fortaleza, pelo jogo de ida das oitavas de final da competição. No Brasileirão, o próximo compromisso é diante do Santos, também no Beira-Rio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos