Decisivo, Magno Alves admite ter ficado triste com falta de oportunidades

Do UOL, em São Paulo

Depois de seis jogos seguidos sem ser aproveitado por Levir Culpi, Magno Alves voltou a ganhar uma chance de mostrar serviço no jogo deste sábado, contra o Figueirense, no estádio Edson Passos. E o experiente atacante acabou sendo decisivo. De cabeça, marcou o gol que garantiu a vitória do Fluminense por 3 a 2, em jogo atrasado da 18ª rodada da Série A.

Após o apito final, Magno Alves - que chegou aos 124 gols pelo Flu e se tornou o nono maior artilheiro da história do clube, junto com Washington - admitiu ter ficado triste pela falta de oportunidades na equipe tricolor.

"Seis jogos sem entrar, a gente se entristece, mas tive oportunidade e, junto com meus companheiros, fazer o gol que deu a vitória a nossa equipe. Muito trabalho, dedicação e perseverança", afirmou o atacante de 40 anos.

Apesar dos seis jogos fora da equipe, Magno Alves evitou polemizar pela falta de chances. "Todos têm [espaço], isso é questão de opção do treinador. Nós jogadores temos que respeitar. A gente prova dentro de campo", acrescentou.

Magno Alves falou ainda sobre o desempenho do Fluminense, que abriu 2 a 0, cedeu o empate e por pouco não deixou o campo com a vitória. "2 a 0 não pode, mesmo que seja futebol. Mas o importante são os três pontos", completou.

Com a vitória sobre o Figueirense, o Fluminense chega aos 34 pontos, assume o oitavo lugar da tabela e fica a apenas três pontos do G-4. O time tricolor agora volta a campo na próxima quarta-feira para encarar o Botafogo em clássico no estádio Luso-Brasileiro, às 16h.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos