Inter tenta ganhar tempo e retira goleiro pego no doping do elenco

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

O goleiro Jacsson, de 22 anos, foi retirado do elenco principal do Inter. Antes mesmo do resultado da contraprova no exame antidoping do goleiro - que atestou positivo para a substância corticóide - o jogador foi sacado dos treinamentos. A razão para isso é simples: ganhar tempo. 

O departamento jurídico vermelho acredita que retirando o jogador preventivamente do grupo possa pedir a contagem destes dias de forma retroativa em uma eventual punição. Desta forma, o goleiro está cumprindo desde então, mesmo antes de ser oficializado o trâmite completo. 
 
Através de nota oficial, o Colorado garantiu ampla defesa de seu atleta. Disse confiar em Jacsson, que sempre foi um atleta exemplar, na opinião do clube. 
 
O resultado da contraprova do exame antidoping do goleiro sairá na próxima semana. O exame ocorrerá a quinta-feira, na Universidade de Los Angeles,  nos Estados Unidos. Depois disso, a defesa será elaborada. 
 
Jacsson atestou positivo para a substância corticóide, usada como anti-inflamatório, na partida contra o Palmeiras, pela 15ª rodada do Brasileiro. Na ocasião, foi reserva de Marcelo Lomba. Arouca, da equipe paulista, também atestou positivo no duelo. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos