A magia de Zé: técnico 'ressuscita' jogadores que estavam em baixa no Fla

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Fernandinho subiu de produção com Zé Ricardo e fez o gol da classificação do Fla

    Fernandinho subiu de produção com Zé Ricardo e fez o gol da classificação do Fla

Efetivado ao profissional após Muricy Ramalho, o técnico Zé Ricardo não tem se preocupado em ousar. Um dos responsáveis pelo arranque que já coloca o Flamengo na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, o treinador tem "ressuscitado" alguns jogadores que andavam em baixa e na mira da torcida.

O exemplo mais recente é o de Fernandinho, herói da classificação na Copa Sul-Americana sobre o Figueirense. O atacante, um dos mais perseguidos pelos rubro-negros, passou a ter oportunidades com o comandante e foi coroado na última quarta com seu primeiro gol com a camisa do clube.

"Fernando vem muito bem, deu passe para o gol do Mancuello contra o Atlético-PR. É um cara que trabalha muito, muito mesmo. Tem drible curto da direta e da esquerda. A gente precisa de jogadores assim. Fico feliz por ele. Ele falava disso há muito tempo", disse o treinador, lembrando do primeiro gol do atacante.

Outro que ganhou moral foi Marcelo Cirino, apontado por Zé Ricardo como o principal personagem do duelo com os catarinenses ao fazer o segundo gol na derrota por 4 a 2 no jogo de ida em Florianópolis (SC).

"Aquele gol colocou a gente na disputa. Optei por não trazer o Marcelo por uma questão tática, conversei com ele, precisávamos de jogadores que têm dribles curtos. Por isso decidimos não trazer o Marcelo. Mas o gol mais importante da classificação foi do Marcelo Cirino", declarou após a vitória sobre o Figueirense.

No pacote de reviravoltas ainda se incluem os meias Gabriel e Everton, que voltaram a apresentar um bom desempenho pelo clube.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos