Palmeiras usa próprio exemplo para afastar o favoritismo em clássico com SP

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Rivaldo Gomes/Folhapress

    Palmeiras possui 15 pontos de vantagem em relação ao São Paulo no Brasileirão

    Palmeiras possui 15 pontos de vantagem em relação ao São Paulo no Brasileirão

Líder do Campeonato Brasileiro e forte candidato ao título, o Palmeiras encara o arquirrival São Paulo na próxima quarta-feira (07), às 21h45 (de Brasília), no Allianz Parque. Toda a história equipara os dois times, mas o atual momento retrata o abismo entre palestrinos e tricolores. Esta realidade, contudo, é assunto proibido na Academia de Futebol.

Quinze pontos separam Palmeiras (43) e São Paulo (28) na tabela de classificação. A discrepância revela as situação dos dois clubes na temporada; enquanto, com Cuca, o time de Palestra Itália se credenciou a brigar pelo título, o rival trocou de técnico e encarou até protestos agressivos dos torcedores - Wesley, Carlinhos e Michel Bastos foram alvos de tapas em uma invasão ao centro de treinamento, na semana passada.

Enquanto um vive paz, o outro sofre com a pressão. A soma de favores torna o Palmeiras favorito para torcedores e casas de apostas - a Sportingbet, por exemplo, paga 1,85 para quem apostar na vitória verde e 3,75 para a 'zebra' São Paulo. Mas, na Academia de Futebol, o assunto é tratado com muita cautela e restrição.

"Você acha que o São Paulo não virá motivado? Não acha que a chance de ouro para reverter um momento complicado? A dificuldade vai ser maior para nós do que se o São Paulo estivesse vivendo um grande momento, nem pense em favoritismo", disse o técnico Cuca.

"Quando a gente estava em crise no Paulista, eu dizia que a melhor coisa era ter clássico. Não tem favoritismo nenhum, definitivamente", acrescentou o comandante palmeirense.

O próprio exemplo palmeirense serve como um alerta para Cuca. No Campeonato Paulista, antes de conquistar o primeiro triunfo em um jogo deste porte - 1 a 0 sobre o Corinthians, em abril, no Pacaembu -, o treinador e o clube alviverde viviam um momento extremamente turbulento.

Cuca chegou ao dérbi com um retrospecto negativo: eram quatro derrotas consecutivas nos quatro primeiros jogos e uma vitória sobre o Rio Claro. A tranquilidade vivida atualmente tratava-se de uma utopia, ainda mais às vésperas de um clássico contra o Corinthians.

O treinador do Palmeiras queria o jogo contra o rival alvinegro e mudou completamente o início de trajetória na Academia de Futebol com a vitória por 1 a 0, com gol de Dudu. 

Desde então foram apenas mais cinco derrotas de Cuca com o Palmeiras, todas no Campeonato Brasileiro. Um dos resultados negativos ocorreu justamente contra o São Paulo  - 1 a 0, gol de Paulo Henrique Ganso. Mais um motivo para a cautela do treinador antes do reencontro com o rival tricolor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos