Grêmio monta logística para ter 'reforços de seleção' contra o Coritiba

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio não retornará a Porto Alegre após a derrota para o Botafogo por 2 a 1, no domingo. O elenco vai direto para Curitiba, onde enfrenta o Coritiba na quarta-feira. E para este jogo, a direção conta com uma logística especial para ter Pedro Geromel e Marcelo Grohe, que defendem a seleção brasileira.

O diretor executivo de futebol do clube, Júnior Chávare, informou em seguida do jogo contra o Botafogo que a logística do clube em conjunto com a CBF conseguiram que os jogadores cheguem à capital paranaense na quarta-feira pela manhã. Caso não entrem em campo no dia anterior pela seleção brasileira, serão reavaliados e poderão defender o Grêmio.

O Brasil encara a Colômbia em Manaus na terça-feira às 21h45 (horário de Brasília). Contudo, Geromel e Marcelo são reservas do time comandado por Tite. A tendência é que não participem do jogo, no máximo de parte dele.

E mesmo desgastados pela longa viagem, as falhas defensivas do Grêmio diante do Botafogo evidenciam a necessidade da entrada deles no time. Diante dos cariocas, foram dois gols sofridos e mais uma série de chances que poderiam ampliar o placar, principalmente no primeiro tempo.

Outro desfalque gremista por conta das convocações é Miller Bolaños. O equatoriano, porém, não chegará a tempo da partida pois estará em Lima, onde sua seleção duela com o Peru.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos